Mar­gi­nais con­de­na­dos en­tre 16 e 21 anos de pri­são

Jornal de Angola - - SOCIEDADE - João Ma­vin­ga | Zai­re

Um gru­po de cin­co mar­gi­nais que se de­di­ca­va a ac­ções a mão ar­ma­da, rou­bos qua­li­fi­ca­dos e as­so­ci­a­ção de mal­fei­to­res em Lu­an­da, Uí­ge e Mban­za Kon­go foi con­de­na­do na sex­ta-fei­ra pe­lo Tri­bu­nal da Co­mar­ca do Zai­re com pe­nas en­tre 16 e 21 anos de pri­são mai­or.

Edu­ar­do André “Ca­fri­co”, 21 anos, che­fe-ad­jun­to do gru­po, foi con­de­na­do na pe­na má­xi­ma de 21 anos de pri­são mai­or, por ser rein­ci­den­te num só pro­ces­so com seis cri­mes.

O acór­dão li­do pe­lo juiz do Tri­bu­nal do Zai­re Al­ber­to da Silva Co­xe di­tou a pe­na de 16 anos de pri­são mai­or a João Fer­nan­des “La­ton”, tam­bém de 21 anos, na­tu­ral do Uí­ge. O réu co­me­teu três cri­mes de rou­bo qua­li­fi­ca­do, cu­ja gra­vi­da­de é pu­ni­da pe­los ar­ti­gos 475 nº2, 538/B e 552 to­dos do Có­di­go Pe­nal.

Ou­tros três in­te­gran­tes do gru­po, Ma­nu­el Tan­do, Qui­a­la Si­mão e Agos­ti­nho Ma­ki­e­se, am­bos com 20 anos de ida­de, fo­ram igual­men­te con­de­na­dos na pe­na úni­ca de 16 anos e re­con­du­zi­dos à Uni­da­de Pri­si­o­nal do Nki­en­de, há 30 qui­ló­me­tros da se­de da pro­vín­cia do Zai­re. A po­lí­cia con­ti­nua no en­cal­ço dos res­tan­tes in­te­gran­tes do gru­po que se en­con­tram fo­ra­gi­dos. Se­gun­do o juiz do Tri­bu­nal do Zai­re, os cri­mi­no­sos não se fa­zem acom­pa­nhar de qual­quer do­cu­men­ta­ção ofi­ci­al, que ates­te a sua re­al iden­ti­da­de.

Pa­ra as ac­ções de mão ar­ma­da, os me­li­an­tes uti­li­za­vam du­as ar­mas au­to­má­ti­cas do ti­po AKM e uma ca­ça­dei­ra. Nos au­tos li­dos na au­di­ên­cia em Abril último, os mar­gi­nais en­tra­ram des­per­ce­bi­da­men­te nu­ma uni­da­de fa­bril de blo­cos na ca­la­da da noi­te e fi­ze­ram qua­tro dis­pa­ros à quei­ma-rou­pa con­tra dois guar­das que pro­te­gi­am à fá­bri­ca. Fe­liz­men­te, os se­gu­ran­ças con­se­gui­ram es­ca­par das gar­ras dos me­li­an­tes, ten­do se apo­de­ra­do de três das oi­to mo­to­ri­za­das que se en­con­tra­vam no in­te­ri­or da fá­bri­ca.

No dia se­guin­te, o gru­po de João Fer­nan­des “La­ton”e seus com­par­sas le­va­ram as mo­to­ri­za­das pa­ra a fron­tei­ra do Lu­vo, aca­ban­do por ven­der a um ci­da­dão con­go­lês. Um dos com­pa­nhei­ros do gru­po apo­de­rou-se do di­nhei­ro da ven­da das mo­to­ri­za­das e me­teu-se em fu­ga pa­ra um lo­cal in­cer­to.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.