Pa­ris em chamas

Pa­ris e ou­tras ci­da­des fran­ce­sas vol­tam a vi­ver sá­ba­do o ca­os com ce­nas de con­fron­tos en­tre ma­ni­fes­tan­tes e as forças da ordem

Jornal de Angola - - PRIMEIRA PÁGINA -

Cer­ca de 31 mil “co­le­tes ama­re­los” saí­ram on­tem às ru­as de to­da a Fran­ça no quar­to gran­de dia de pro­tes­tos, que con­du­zi­ram a mais de 1000 de­ten­ções, 673 das quais em Pa­ris, se­gun­do o Go­ver­no.

De acor­do com os mei­os fran­ce­ses, os pro­tes­tos de on­tem não fo­ram tão vi­o­len­tos co­mo no fim-de-se­ma­na pas­sa­do. Uma mai­or pre­pa­ra­ção por par­te das au­to­ri­da­des po­de ser a ra­zão.

A me­di­ção de forças com o Go­ver­no fran­cês foi mi­ti­ga­da es­ta úl­ti­ma se­ma­na, com um re­cuo na de­ci­são de au­men­tar a ta­xa­ção so­bre os com­bus­tí­veis, mas os co­le­tes ama­re­los prometem con­ti­nu­ar na rua, man­ten­do-se o sen­ti­men­to de in­sa­tis­fa­ção e de im­pas­se social. Dei­xou de ser um bra­ço-de-fer­ro po­lí­ti­co e tor­nou-se nu­ma es­pé­cie de pu­nho de aço so­bre a go­ver­na­ção do Pre­si­den­te Em­ma­nu­el Ma­cron.

O Go­ver­no e as au­to­ri­da­des es­ti­mam que cer­ca de 31 mil pes­so­as te­nham saí­do à rua em ci­da­des co­mo Pa­ris, Lyon e Tou­lou­se. Es­pe­ran­do­se uma no­va si­tu­a­ção de guer­ri­lha ur­ba­na, foi des­ta­ca­do pa­ra as ru­as de Fran­ça um con­tin­gen­te de 89 mil agen­tes, sen­do que oi­to mil es­ta­vam em Pa­ris.

Adop­tan­do uma es­tra­té­gia mais du­ra, os agen­tes re­vis­ta­vam os ma­ni­fes­tan­tes, o que le­vou a de­ze­nas de de­ten­ções pre­ven­ti­vas lo­go ao iní­cio dos pro­tes­tos. Fo­ram tam­bém usa­dos ca­nhões de água e gás la­cri­mo­gé­neo em car­gas so­bre os ma­ni­fes­tan­tes.

No meio dos tu­mul­tos, al­guns carros fo­ram in­cen­di­a­dos e al­gu­mas lo­jas fo­ram sa­que­a­das, ten­do-se re­gis­ta­do 55 fe­ri­dos, três de­les po­lí­ci­as.

Pou­co de­pois das 9h00 lo­cais (me­nos uma em An­go­la) re­gis­ta­ram-se si­tu­a­ções de ten­são en­tre os ma­ni­fes­tan­tes e a Po­lí­cia an­ti-mo­tim, que im­pe­diu os “co­le­tes ama­re­los” de atra­ves­sar a ave­ni­da nas pro­xi­mi­da­des do Pa­lá­cio do Eli­seu.

Cer­ca de uma ho­ra de­pois, a po­lí­cia lan­çou gás la­cri­mo­gé­nio pa­ra dis­per­sar as de­ze­nas de “co­le­tes ama­re­los” que ten­ta­vam che­gar à rua “Ar­sé­ne Hous­saye”, ad­ja­cen­te aos Cam­pos Elí­si­os. Um pou­co mais tar­de, por vol­ta do mei­o­dia, as au­to­ri­da­des dis­pa­ra­ram ca­nhões de água con­tra os ma­ni­fes­tan­tes. Tam­bém fo­ram ou­vi­dos dis­pa­ros de ar­mas au­to­má­ti­cas.

Al­guns de­pó­si­tos de li­xo ar­di­am nas ru­as e ma­ni­fes­tan­tes ati­ra­vam pe­dras con­tra a po­lí­cia an­ti-mo­tim.

A rá­pi­da ac­tu­a­ção da Po­lí­cia pa­re­ceu re­ve­lar as or­dens que re­ce­be­ram no sen­ti­do de re­a­gir pa­ra evi­tar que se vol­tas­sem a re­gis­tar as ce­nas de guer­ri­lha ur­ba­na as­sis­ti­da na úl­ti­ma se­ma­na. De acor­do com tes­te­mu­nhos no lo­cal, o am­bi­en­te es­ta­va “um pou­co me­nos ten­so” do que há uma se­ma­na. Ain­da as­sim, im­pre­vi­sí­vel.

As au­to­ri­da­des mo­bi­li­za­ram pa­ra es­tas ma­ni­fes­ta­ções cer­ca de 90 mil agen­tes das forças da ordem.

A pre­si­den­te da União Na­ci­o­nal, Ma­ri­ne Le Pen, pe­diu ao Pre­si­den­te fran­cês, Em­ma­nu­el Ma­cron, “res­pos­tas for­tes” fa­ce ao “so­fri­men­to social” ma­ni­fes­ta­do pe­los “co­le­tes ama­re­los”, que pro­tes­tam em Pa­ris e em to­da a Fran­ça.

“É pre­ci­so que (Má­cron) to­me cons­ci­ên­cia do so­fri­men­to social e lhe dê res­pos­tas for­tes e ime­di­a­tas”, afir­mou em Bru­xe­las, à mar­gem de um en­con­tro so­bre o Pac­to Glo­bal pa­ra a mi­gra­ção, or­ga­ni­za­do pelo par­ti­do na­ci­o­na­lis­ta fla­men­go Vla­ams Be­lang, no qual par­ti­ci­pa tam­bém Ste­ve Ban­non, ex­con­se­lhei­ro de Do­nald Trump.

“Apelo uma vez mais ao Pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca pa­ra ter em con­ta o so­fri­men­to que é ma­ni­fes­ta­do e dar-lhe uma res­pos­ta”, in­sis­tiu a lí­der da ex­tre­ma-di­rei­ta fran­ce­sa, pe­din­do tam­bém a Ma­cron pa­ra não fi­car fe­cha­do no Eli­seu e ca­la­do.

O mo­vi­men­to dos “co­le­tes ama­re­los” co­me­çou há al­gu­mas se­ma­nas em pro­tes­to con­tra o au­men­to do pre­ço dos com­bus­tí­veis, en­tre­tan­to já sus­pen­so pe­las au­to­ri­da­des.

DR

DR

Gru­po de ma­ni­fes­tan­tes in­fil­tra­dos en­tre “co­le­tes ama­re­los” co­me­tem ac­tos de van­da­lis­mo nas ci­da­des fran­ce­sas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.