Acon­te­ce Lei de Se­pa­ra­ção de Igre­jas e do Es­ta­do em Fran­ça

Jornal de Angola - - LAZER -

Num dia co­mo es­te, a 9 de De­zem­bro de 1905 acon­te­ce, por ini­ci­a­ti­va do de­pu­ta­do so­ci­a­lis­ta re­pu­bli­ca­no Aris­ti­de Bri­and, em Fran­ça, a lei so­bre a se­pa­ra­ção das Igre­jas e do Es­ta­do.

Es­ta lei fa­vo­re­ce o se­cu­la­ris­mo sem ex­ces­sos.

É aci­ma de tu­do um ato fun­da­dor no con­fron­to vi­o­len­to en­tre du­as con­cep­ções do lu­gar das Igre­jas na so­ci­e­da­de fran­ce­sa por qua­se vin­te e cin­co anos.

Ela subs­ti­tui o re­gi­me da con­cor­da­ta de 1801, que ain­da es­tá em vi­gor na Al­sá­cia-Mo­se­la por ra­zões his­tó­ri­cas (os fun­ci­o­ná­ri­os elei­tos da Al­sá­cia fi­ze­ram de­la uma das três con­di­ções de acei­ta­ção do seu ape­go à Fran­ça em 1919, sem o qual pe­di­ram um re­fe­ren­do , que a Fran­ça não po­de­ria cor­rer o ris­co de per­der de­pois de uma gu­er­ra tão mor­tal).

Com­ple­tou-se em 1924 com a au­to­ri­za­ção das as­so­ci­a­ções di­o­ce­sa­nas, o que per­mi­tiu re­gu­la­ri­zar, 18 anos de­pois, a si­tu­a­ção do cul­to ca­tó­li­co.

Se­gun­do John Loc­ke, os fi­ló­so­fos do Ilu­mi­nis­mo re­a­vi­va­ram a ques­tão da se­pa­ra­ção en­tre Igre­ja e Es­ta­do atra­vés da Eu­ro­pa do sé­cu­lo XVIII.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.