Opo­si­ção quer a saí­da de Sér­gio Mo­ro

Ex-juiz e ac­tu­al mi­nis­tro da Jus­ti­ça es­tá a ser acu­sa­do de ac­ções ile­gais na con­du­ção da Ope­ra­ção “La­va Ja­to” que cul­mi­nou com a pri­são do an­ti­go Pre­si­den­te do Bra­sil Lu­la da Sil­va

Jornal de Angola - - PRIMEIRA PÁGINA -

Par­ti­dos da opo­si­ção bra­si­lei­ra afir­ma­ram, se­gun­da-fei­ra, que vão im­pe­dir vo­ta­ções no Con­gres­so até que o ac­tu­al mi­nis­tro da Jus­ti­ça, Sér­gio Mo­ro, se­ja afas­ta­do do car­go, por su­pos­tas ac­ções ile­gais na Ope­ra­ção La­va Ja­to, que cul­mi­nou com a pri­são do an­ti­go Pre­si­den­te Lu­la da Sil­va.

Par­ti­dos da opo­si­ção bra­si­lei­ra afir­ma­ram se­gun­da­fei­ra que vão im­pe­dir vo­ta­ções no Con­gres­so até que o ac­tu­al mi­nis­tro da Jus­ti­ça, Sér­gio Mo­ro, se­ja afas­ta­do do car­go por su­pos­tas ac­ções ile­gais na Ope­ra­ção “La­va Ja­to”, se­gun­do a im­pren­sa lo­cal.

Além do afas­ta­men­to de Mo­ro, os lí­de­res do Partido dos Tra­ba­lha­do­res (PT), Partido Co­mu­nis­ta do Bra­sil (PC do B) e Partido So­ci­a­lis­mo e Li­ber­da­de (PSOL) fa­la­ram tam­bém na pos­si­bi­li­da­de de cri­a­ção de uma Co­mis­são Par­la­men­tar de Inqué­ri­to (CPI) pa­ra in­ves­ti­gar o ca­so, re­ve­la­do pe­lo si­te de in­ves­ti­ga­ção jor­na­lís­ti­ca “The In­ter­cept Bra­sil”, se­gun­do o qu­al o ex-juiz Sér­gio Mo­ro te­ria aju­da­do a acu­sa­ção no pro­ces­so La­va Ja­to, no âm­bi­to do qu­al con­de­nou, en­tre ou­tros, o ex-Pre­si­den­te bra­si­lei­ro Lu­la da Sil­va.

“De­ve ha­ver ime­di­a­ta­men­te o afas­ta­men­to do Mo­ro de on­de ele es­tá, do seu car­go. O Par­la­men­to bra­si­lei­ro tem que en­trar nes­sa in­ves­ti­ga­ção, es­tá co­lo­ca­da na me­sa a pos­si­bi­li­da­de de uma CPI”, afir­mou à im­pren­sa a lí­der do Partido Co­mu­nis­ta do Bra­sil na Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos, Jan­di­ra Fegha­li.

A de­pu­ta­da dis­se ain­da que as pre­sen­tes re­ve­la­ções trans­cen­dem os par­ti­dos de es­quer­da e que o Con­gres­so de­ve aju­dar na in­ves­ti­ga­ção.

“Nós va­mos obs­truir to­dos os as­sun­tos en­quan­to não fo­rem anun­ci­a­das me­di­das con­cre­tas em re­la­ção a es­ta ques­tão. Nós não va­mos vo­tar mais na­da, não va­mos per­mi­tir a apre­sen­ta­ção do re­la­tó­rio da Pre­vi­dên­cia”, fri­sou.

Já o lí­der do PT no Par­la­men­to, Paulo Pi­men­ta, pe­diu a ins­tau­ra­ção de um pro­ces­so dis­ci­pli­nar por par­te da Pro­cu­ra­do­ra-Ge­ral da Re­pú­bli­ca bra­si­lei­ra, Ra­quel Dod­ge. “Que­re­mos que a se­nho­ra Ra­quel Dod­ge abra ime­di­a­ta­men­te um pro­ces­so ad­mi­nis­tra­ti­vo dis­ci­pli­nar. Que se­jam re­co­lhi­dos apa­re­lhos fun­ci­o­nais, te­le­mó­veis e 'lap-tops'. São ac­ti­vi­da­des re­la­ci­o­na­das com a pos­tu­ra fun­ci­o­nal. E es­sas pro­vas pre­ci­sam de ser pre­ser­va­das”, afir­mou Paulo Pi­men­ta, ci­ta­do pe­la im­pren­sa bra­si­lei­ra.

En­quan­to as for­ma­ções po­lí­ti­cas de es­quer­da tor­na­ram pú­bli­ca a sua po­si­ção, os par­ti­dos do cen­tro evi­ta­ram um pro­nun­ci­a­men­to, aguar­dan­do as­sim no­vas re­ve­la­ções, pro­me­ti­das pe­lo por­tal de in­ves­ti­ga­ção jor­na­lís­ti­ca “The In­ter­cept”, res­pon­sá­vel por di­vul­gar o ca­so que en­vol­ve o ex-juiz e ac­tu­al mi­nis­tro da Jus­ti­ça.

Con­ver­sas pri­va­das en­tre agen­tes pú­bli­cos que par­ti­ci­pa­ram na La­va Ja­to, a mai­or ope­ra­ção con­tra a cor­rup­ção do Bra­sil, in­di­cam que hou­ve co­la­bo­ra­ção ile­gal e fal­ta de im­par­ci­a­li­da­de na in­ves­ti­ga­ção, es­cre­veu o “The In­ter­cept”.

Es­te por­tal ini­ci­ou no pas­sa­do do­min­go uma sé­rie de re­por­ta­gens so­bre a ope­ra­ção La­va Ja­to pu­bli­can­do tex­tos com men­sa­gens e con­ver­sas pri­va­das en­tre pro­mo­to­res e juí­zes bra­si­lei­ros na apli­ca­ção Te­le­gram, que fo­ram de­nun­ci­a­das de for­ma anó­ni­ma.

Os diá­lo­gos ob­ti­dos apon­tam pa­ra ir­re­gu­la­ri­da­des na La­va Ja­to, prin­ci­pal­men­te as men­sa­gens tro­ca­das en­tre o pro­cu­ra­dor Del­tan Dal­lag­nol e o ex­juiz Sér­gio Mo­ro.

Se­gun­do o In­ter­cept, con­ver­sas pri­va­das re­ve­lam que Mo­ro su­ge­riu a Dal­lag­nol que al­te­ras­se a or­dem das fases da ope­ra­ção La­va Ja­to, deu con­se­lhos, in­di­cou ca­mi­nhos de in­ves­ti­ga­ção e deu ori­en­ta­ções aos pro­mo­to­res en­car­re­ga­dos do ca­so, ou se­ja, aju­dou a acu­sa­ção, o que vi­o­la a le­gis­la­ção bra­si­lei­ra que exi­ge im­par­ci­a­li­da­de aos juí­zes.

Mo­ro, ac­tu­al­men­te mi­nis­tro da Jus­ti­ça e Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca, ga­nhou no­to­ri­e­da­de co­mo juiz da ope­ra­ção La­va Ja­to, por con­de­nar em­pre­sá­ri­os, fun­ci­o­ná­ri­os pú­bli­cos e po­lí­ti­cos de re­no­me co­mo o ex-Pre­si­den­te Luiz Iná­cio Lu­la da Sil­va. Se­gun­do aque­le por­tal de in­ves­ti­ga­ção, as men­sa­gens in­di­cam que os pró­pri­os pro­mo­to­res da La­va Ja­to ti­nham sé­ri­as dú­vi­das so­bre a qua­li­da­de das pro­vas con­tra o ex-Pre­si­den­te nes­te pro­ces­so.

O “The In­ter­cept” é um por­tal de jor­na­lis­mo de in­ves­ti­ga­ção li­de­ra­do por Glenn Gre­enwald, jor­na­lis­ta a quem o ex-ana­lis­ta nor­te­a­me­ri­ca­no Edward Snow­den re­ve­lou os pro­gra­mas de es­pi­o­na­gem da Agên­cia de Se­gu­ran­ça Na­ci­o­nal nor­te-ame­ri­ca­na (NSA, na si­gla em in­glês).

DR

DR

Ac­tu­al mi­nis­tro da Jus­ti­ça e Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca vi­sa­do por com­por­ta­men­to ina­pro­pri­a­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.