Zetho Gon­çal­ves ven­ce com o livro “Noi­te Ver­ti­cal”

Jornal de Angola - - PRIMEIRA PÁGINA - Má­rio Cohen

O livro “Noi­te Ver­ti­cal”, de Zetho Cu­nha Gon­çal­ves, é o gran­de ven­ce­dor da I edi­ção do Pré­mio de Li­te­ra­tu­ra Dstangola-Ca­mões 2019, cu­ja ce­ri­mó­nia de en­tre­ga do tro­féu re­a­li­zou-se, se­gun­da-fei­ra, na União dos Es­cri­to­res An­go­la­nos (UEA), em Lu­an­da.

Zeth Cu­nha Gon­çal­ves re­ce­beu co­mo pré­mio de quin­ze mil eu­ros. O con­cur­so, lan­ça­do no iní­cio do ano, é uma ini­ci­a­ti­va do Cen­tro Cul­tu­ral Por­tu­guês e Dst­group. O even­to in­se­riu-se nas fes­ti­vi­da­des do Dia de Por­tu­gal, de Ca­mões e das Co­mu­ni­da­des Por­tu­gue­sas, as­si­na­la­do na se­gun­da-fei­ra.

Vi­si­vel­men­te sa­tis­fei­to por ter re­gres­sa­do a An­go­la de­pois de dé­ca­das au­sen­te do país, Zeth Cu­nha Gon­çal­ves afir­mou ser o pri­mei­ro pré­mio que con­quis­ta ao lon­go dos 40 anos de­di­ca­dos à li­te­ra­tu­ra.

“Noi­te Ver­ti­cal” che­gou ao mer­ca­do em Abril de 2017, com a chan­ce­la da edi­to­ra Lín­gua Mor­ta. Or­ga­ni­za­do em seis sec­ções, “Co­ra­ção Li­mi­te”, “Frag­men­tos da ter­ra”, “Na pe­le do mar, os le­o­par­dos”, “De pro­dí­gi­os e an­ces­trais”, “So­bre a me­sa da ter­ra” e “Tri­bu­to”, o livro tem po­e­sia es­cri­tas en­tre 1976 e 2017.

O se­cre­tá­rio da União dos Es­cri­to­res An­go­la­nos (UEA), Da­vid Ca­pe­len­gue­la, lou­vou a ini­ci­a­ti­va do Ca­mões - Cen­tro Cul­tu­ral Por­tu­guês por es­co­lher a UEA pa­ra a re­a­li­za­ção da ce­ri­mó­nia da pri­mei­ra edi­ção do pré­mio.

Zetho Cu­nha Gon­çal­ves nas­ceu no Hu­am­bo, a 1 de Ju­lho de 1960. Vi­ve em Lis­boa e, é po­e­ta, en­saís­ta, tra­du­tor e au­tor de li­te­ra­tu­ra in­fan­til e ju­ve­nil.

Tem 14 li­vros de po­e­sia, pu­bli­ca­dos e tra­du­ziu po­e­mas de An­tó­nio Car­va­jal, Vi­cen­te Hui­do­bro, Wil­li­am Car­los Wil­li­ams, Jo­an Bros­sa e Dja­lal Ud Din Ru­mi. Edi­tou obras de fa­mo­sos au­to­res por­tu­gue­ses, co­mo Fer­nan­do Pes­soa, Eça de Qu­ei­roz, Na­tá­lia Cor­reia e Má­rio Ce­sa­riny.

As su­as obras es­tão tra­du­zi­das em ale­mão, chi­nês, es­pa­nhol, he­brai­co e ita­li­a­no e co­la­bo­rou em di­ver­sos jor­nais e re­vis­tas de An­go­la, Bra­sil, Mo­çam­bi­que, Itá­lia, Ma­cau, Es­pa­nha e Por­tu­gal.

DOMBELE BER­NAR­DO | EDIÇÕES NO­VEM­BRO

Es­cri­tor con­quis­ta o pri­mei­ro pré­mio após 40 anos de car­rei­ra

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.