De­sa­bou o tec­to da Igreja To­coís­ta no bair­ro 70

Jornal de Angola - - SOCIEDADE - Ma­xi­mi­a­no Fi­li­pe | Ben­gue­la

O tec­to da Igreja de Je­sus Cristo no Mun­do, vul­go To­coís­ta, de­sa­bou na ma­dru­ga­da de se­gun­da fei­ra, sem cau­sar ví­ti­mas mor­tais. A igreja, lo­ca­li­za­da na zo­na A, Bair­ro 70, ar­re­do­res do ae­ro­por­to 17 de Se­tem­bro, em Ben­gue­la, foi cons­truí­da com o apoio do Go­ver­no Pro­vin­ci­al, no âm­bi­to de um pro­gra­ma de re­mo­de­la­ção dos lo­cais de cul­to da pro­vín­cia. As obras ini­ci­a­ram em 2010, mas nun­ca fo­ram con­cluí­das. Em 2012, a di­rec­ção da igreja de­ci­diu re­a­li­zar, de for­ma ex­pe­ri­men­tal, os cul­tos no in­te­ri­or da mes­ma até a da­ta do de­sa­ba­men­to.

O res­pon­sá­vel da igreja, Ce­les­ti­no Can­je­la, avan­çou que, an­tes da sua cons­tru­ção, fo­ram fei­tos es­tu­dos apro­fun­da­dos pa­ra que na­da de anor­mal ocor­res­se, na me­di­da em que a mes­ma foi er­gui­da so­bre uma con­du­ta de água. "Com o tem­po, a con­du­ta re­ben­tou e inun­dou a ba­se da es­tru­tu­ra, ori­gi­nan­do vá­ri­as fis­su­ras que le­va­ram ao de­sa­ba­men­to da par­te de ci­ma da igreja", dis­se.

Ga­ran­tiu que, pa­ra se evi­tar o de­sa­ba­men­to to­tal do edi­fí­cio, fo­ram fei­tos con­tac­tos jun­to do Go­ver­no de Ben­gue­la e da di­rec­ção cen­tral da Igreja To­coís­ta pa­ra a re­pa­ra­ção ime­di­a­ta do imó­vel.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.