Jornal de Angola : 2019-06-12

SOCIEDADE : 27 : 27

SOCIEDADE

27 SOCIEDADE Quarta-feira 12 de Junho de 2019 DEZ MILHÕES DE EUROS de transforma­ção privados PERISCÓPIO Prometer e cumprir Luciano Rocha A medida, se posta em prática, é pedagógica. Quer para o público, que via ver reconhecid­o um direito que lhe assiste, quer para quem é pago para servi-lo, mas ignorao acintosame­nte. Era maneira de nos lembrar, a todos, que em “Luanda, mesmo parecendo, amiúde, terra entregue à bagunça, existem leis para cumprir. Nem que seja à força”. Ao fazer a divulgação daqueles números, o INADEC recordava que e por que foi criado, ao mesmo tempo que ajudava a equilibrar o erário desbaratad­o por marimbondo­s e marimbondo­zinhos. Ainda escudados no princípio do “posso, quero, mando”. E que, o anúncio, não foi somente mais uma promessa para não cumprir. Das quais estamos (quase) todos fartos. O Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC) avisou há dias que, finalmente, ia começar a punir os serviços de atendiment­o ao público sem livro de reclamaçõe­s, que impedem, desse forma, um direito de cidadania. A medida, mesmo tardia, mereceu, neste espaço de observação, elogio por significar, entre outras coisas, uma forma de combater a impunidade, que continua a pavonear-se pela capital do país, numa afronta à dignidade e bom senso. Convenient­e seria, igualmente, que o INADEC publicitas­se periodicam­ente o número de serviços - públicos e privados - visitados, infracções observadas, multas aplicadas.

© PressReader. All rights reserved.