Qué­nia man­da en­cer­rar fron­tei­ra com a So­má­lia

Jornal de Angola - - ÁFRICA -

O Go­ver­no que­ni­a­no en­cer­rou on­tem a fron­tei­ra com a So­má­lia, ba­nin­do as­sim tam­bém o co­mér­cio trans­fron­tei­ri­ço, in­for­mou o por­tal re­gi­o­nal da Áfri­ca Ori­en­tal.

O Afri­ca­news, que ci­ta vá­ri­as fon­tes de in­for­ma­ção no Qué­nia, acres­cen­ta que o Go­ver­no fe­chou o pon­to fron­tei­ri­ço de La­mu, uma das qua­tro pas­sa­gens de fron­tei­ra en­tre os dois vi­zi­nhos. A es­te jun­tam-se os pon­tos de Man­de­ra, Wa­jir e Ga­ris­sa.

A me­di­da é par­te de ope­ra­ções de se­gu­ran­ça con­tra os in­sur­gen­tes do al-Sha­bab que ope­ram no la­do so­ma­li. O por­tal re­gi­o­nal da Áfri­ca Ori­en­tal ci­ta o che­fe da po­lí­cia de La­mu, co­mo ten­do di­to que a fron­tei­ra só per­ma­ne­ce­rá aber­ta a agen­tes de se­gu­ran­ça.

A fon­te acres­cen­tou que com re­la­ção à proi­bi­ção do co­mér­cio trans­fron­tei­ri­ço, as pes­so­as que vi­o­la­rem a me­di­da per­de­rão os seus vis­tos e se­rão de­ti­das.

“Além das pre­o­cu­pa­ções de se­gu­ran­ça, tam­bém es­ta­mos ci­en­tes do trá­fi­co de se­res hu­ma­nos e nar­có­ti­cos. Is­so de­ve pa­rar. Ago­ra é cri­me e, pa­ra quem não sa­be, a fron­tei­ra per­ma­ne­ce­rá fe­cha­da até no­vas or­dens”, dis­se o che­fe de Po­lí­cia Ki­oi Mu­chan­gi.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.