Se­lec­ção e FAF che­gam a acor­do

Pre­si­den­te da Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Fu­te­bol pro­me­teu pa­gar diá­ri­as até an­tes da par­ti­da (de­pois de ama­nhã) pa­ra o pal­co da pro­va afri­ca­na

Jornal de Angola - - PRIMEIRA PÁGINA - Ho­no­ra­to Sil­va

A re­per­cus­são da gre­ve dos Pa­lan­cas Ne­gras, nas re­des so­ci­ais e na im­pren­sa, le­vou o pre­si­den­te da Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Fu­te­bol (FAF), Artur Al­mei­da e Sil­va, a re­con­si­de­rar a de­ci­são de não ou­vir os jo­ga­do­res. De­pois da reu­nião de ter­ça­fei­ra à noi­te, vol­tou a rei­nar har­mo­nia no bal­neá­rio da equi­pa na­ci­o­nal, ape­sar de per­sis­tir a ex­pec­ta­ti­va quan­to ao cum­pri­men­to da pa­la­vra da­da, por par­te do di­ri­gen­te.

A pa­ra­li­sa­ção dos tra­ba­lhos no es­tá­gio em Por­tu­gal, se­gun­da-fei­ra, pe­lo fac­to de o lí­der fe­de­ra­ti­vo ter re­cu­sa­do abor­dar com os atle­tas o pa­ra­dei­ro do pré­mio de apu­ra­men­to pro­ve­ni­en­te da CAF, bem co­mo o pa­ga­men­to das diá­ri­as, deu lu­gar a uma con­ver­sa es­cla­re­ce­do­ra, que de­fi­niu as ba­li­zas pa­ra que se­ja su­pe­ra­do o im­pas­se.

Fi­cou acor­da­da a li­qui­da­ção do pri­mei­ro sub­sí­dio se­ma­nal até sá­ba­do, dia da vi­a­gem da Se­lec­ção Na­ci­o­nal pa­ra o Egip­to. Já o pré­mio da CAF, a ser dis­tri­buí­do com ba­se no de­sem­pe­nho de ca­da um, as­sim de­ci­di­ram os atle­tas, vai ser pa­go an­tes da es­treia na com­pe­ti­ção, a 24 de Ju­nho, fren­te à Tu­ní­sia.

En­tre­vis­ta­do on­tem pe­la Rá­dio Cin­co, Artur Al­mei­da pro­cu­rou sim­pli­fi­car as con­tas. “Va­mos re­ce­ber 50 por cen­to da ver­ba pro­ve­ni­en­te da CAF, pe­la qua­li­fi­ca­ção, que são 250 mil dó­la­res, mas não sa­be­mos quan­do é que is­so vai acon­te­cer. Os ou­tros 50 por cen­to vi­rão de­pois. No to­tal são 500 mil”, ex­pli­cou.

Com o pro­pó­si­to de re­ba­ter es­pe­cu­la­ções, dis­se: “Te­mos es­ta con­fir­ma­ção des­de on­tem (ter­ça-fei­ra). Uma car­ta da CAF, que ti­ve o cui­da­do de mos­trar tam­bém aos atle­tas, na con­ver­sa que ti­ve­mos, pa­ra que eles per­ce­bes­sem que es­ta­mos nu­ma ou­tra era. Ho­je na Fe­de­ra­ção os va­lo­res já não se es­con­dem”.

O pre­si­den­te da FAF ga­bou da cor­di­a­li­da­de re­gis­ta­da na reu­nião. “Aca­bá­mos por ter uma con­ver­sa bas­tan­te agra­dá­vel. Res­ta­be­le­ce­mos o es­pí­ri­to de con­fi­an­ça. Aque­les que ti­nham de se des­cul­par, des­cul­pa­ram-se, pe­los in­con­ve­ni­en­tes cau­sa­dos a to­dos. Nes­te mo­men­to o am­bi­en­te é bas­tan­te po­si­ti­vo. Creio até que is­so re­for­çou a união do gru­po.”

Po­rém, fon­te do Jor­nal de An­go­la jun­to dos Pa­lan­cas Ne­gras avan­çou que os jo­ga­do­res, en­ca­be­ça­dos pe­los ca­pi­tães Ma­teus Ga­li­a­no e Djal­ma Cam­pos, re­cu­sa­ram a pro­pos­ta de pe­di­do de desculpas fei­ta por Artur Al­mei­da, por de­fen­de­rem que não ofen­de­ram nin­guém, pois ape­nas re­cla­ma­ram direitos.

O res­pon­sá­vel má­xi­mo da Fe­de­ra­ção, apu­rou o Jor­nal de An­go­la, pe­diu aos pu­pi­los de Srd­jan Va­sil­je­vic pa­ra não par­ti­lha­rem as in­qui­e­ta­ções com a so­ci­e­da­de. Que se­jam ul­tra­pas­sa­das den­tro do bal­neá­rio, pre­mis­sa que os atle­tas con­si­de­ram im­pos­sí­vel de ser ob­ser­va­da quan­do a li­de­ran­ça se ne­ga a di­a­lo­gar.

Show re­cu­pe­ra­do

Li­mi­ta­do des­de do­min­go, por cau­sa de uma ir­ri­ta­ção nos de­dos dos pés, Show, pên­du­lo do meio cam­po da Se­lec­ção Na­ci­o­nal, ao la­do de He­re­nil­son, es­tá a cem por cen­to à dis­po­si­ção da equi­pa técnica. On­tem par­ti­ci­pou no trei­no ma­ti­nal e na ses­são noc­tur­na com en­tre­ga to­tal.

O tra­ba­lho dos Pa­lan­cas Ne­gras tem in­ci­di­do na pa­dro­ni­za­ção das va­ri­an­tes tác­ti­cas, so­bre­tu­do no pro­ces­so de­fen­si­vo. A res­pos­ta às ac­ções do ad­ver­sá­rio no es­pa­ço en­tre li­nhas tem me­re­ci­do cui­da­do re­do­bra­do, sem dei­xar de par­te o re­po­si­ci­o­na­men­to da de­fe­sa, em si­tu­a­ção de per­da da bo­la.

Va­sil­je­vic tem exi­gi­do dos con­vo­ca­dos pres­são in­ter­mé­dia na fa­se de cons­tru­ção da equi­pa con­trá­ria. En­cur­tar o es­pa­ço nas ac­ções de­fen­si­vas é a gran­de pre­o­cu­pa­ção do trei­na­dor, pa­ra quem o su­ces­so co­me­ça a ser cons­truí­do de trás e con­fir­ma­do pe­la for­ça do ata­que, on­de pu­xa por Gel­son Da­la, Wil­son Edu­ar­do, Ma­teus Ga­li­a­no, Ge­ral­do, Freddy, Ma­bu­lu­lu e Evan­dro Bran­dão.

KINDALA MA­NU­EL | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO

KINDALA MA­NU­EL | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO

Jo­ga­do­res re­to­ma­ram os tra­ba­lhos de­pois das ex­pli­ca­ções do di­ri­gen­te má­xi­mo da FAF

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.