Go­ver­no ne­ga es­cas­sez de bens da ces­ta bá­si­ca

Jornal de Angola - - PRIMEIRA PÁGINA -

O mi­nis­tro do Comércio, Jof­fre Van-Dú­nem Júnior, ga­ran­tiu on­tem que “não há es­cas­sez” de pro­du­tos da ces­ta bá­si­ca no país, atri­buin­do os ajus­tes de pre­ços de al­guns bens ao “apro­vei­ta­men­to de es­pe­cu­la­do­res”.

“De mo­men­to não há es­cas­sez de pro­du­tos da ces­ta bá­si­ca. Uma coi­sa cha­ma-se es­cas­sez e ou­tra é a ro­tu­ra. Tam­bém te­mos de ter em con­ta os pra­zos de aber­tu­ra das car­tas de cré­di­tos pa­ra os im­por­ta­do­res, os pra­zos que são ne­ces­sá­ri­os pa­ra que es­sas mer­ca­do­ri­as che­guem ao país e de­pois são dis­tri­buí­das até aos res­pec­ti­vos pon­tos”, afir­mou o mi­nis­tro. O res­pon­sá­vel de­cla­rou que as três vi­as de en­tra­da de mer­ca­do­ri­as no país, pe­los por­tos de Lu­an­da, Lo­bi­to e Na­mi­be, tam­bém con­cor­rem, mui­tas ve­zes, pa­ra a dis­tri­bui­ção tar­dia dos bens, re­fe­rin­do ser es­te tam­bém um dos fac­to­res que le­va à en­tra­da de es­pe­cu­la­do­res.

“To­dos es­ses fac­to­res con­tri­bu­em um pou­co, e, co­mo sa­bem, os es­pe­cu­la­do­res apro­vei­tam to­dos es­ses pas­sos e mal ha­ja qual­quer acção fo­ra da pre­vi­si­bi­li­da­de, eles apro­vei­tam e es­pe­cu­lam ime­di­a­ta­men­te”, co­men­tou.

O mi­nis­tro fa­la­va à im­pren­sa na se­de do Go­ver­no Pro­vin­ci­al de Lu­an­da, no fi­nal de uma con­fe­rên­cia de lan­ça­men­to da 1ª Fei­ra de Ne­gó­ci­os dos Municípios de Lu­an­da (FEMUL), que de­cor­re de 23 a 27 de Ou­tu­bro pró­xi­mo. Pa­ra Jof­fre Van-Dú­nem Júnior, a es­pe­cu­la­ção de al­guns pro­du­tos da ces­ta bá­si­ca no país “é uma re­a­li­da­de” que de­ve ser en­ca­ra­da e “com fo­co ten­tar di­mi­nuir to­das es­sas oca­siões que os nos­sos ad­ver­sá­ri­os uti­li­zam pa­ra fa­zer su­bir o pre­ço da ces­ta bá­si­ca, nu­ma al­tu­ra em que de fac­to o po­der de com­pra dos ci­da­dãos não é o me­lhor”.

Um pro­gra­ma de re­for­ço das ins­pec­ções às ac­ti­vi­da­des co­mer­ci­ais “es­tá já em cur­so”, pois, ex­pli­cou o mi­nis­tro, os es­pe­cu­la­do­res es­tão aten­tos e ca­soha­jau­ma­es­cas­se­zouin­dí­cio de al­gu­ma es­cas­sez, com cer­te­za “apro­vei­tam e nes­sa al­tu­ra en­tram no mer­ca­do”.

MA­RIA AUGUSTA | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO

Jof­fre Van-Dú­nem ao re­ve­lar bo­as pro­vi­sões de ali­men­tos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.