ONU FA­LA EM “CLI­MA DE ME­DO GENERALIZA­DO” A UM ANO DAS ELEI­ÇÕES

Jornal de Angola - - ÁFRICA -

Um “cli­ma de me­do” rei­na no Bu­run­di, a me­nos de um ano das elei­ções ge­rais, pre­vis­tas pa­ra 2020, cons­ta­ta­ram in­ves­ti­ga­do­res das Na­ções Uni­das, que de­nun­ci­a­ram as­sas­si­na­tos, de­ten­ções ar­bi­trá­ri­as e tor­tu­ras de opo­si­to­res po­lí­ti­cos, in­for­mou on­tem a Pa­na. No ter­cei­ro relatório, a Co­mis­são de Inqué­ri­to so­bre o Bu­run­di afir­ma que vi­o­la­ções gra­ves dos di­rei­tos hu­ma­nos, “in­cluin­do cri­mes con­tra a Hu­ma­ni­da­de” con­ti­nu­a­ram a acon­te­cer nes­te Es­ta­do dos Gran­des La­gos, des­de Maio de 2018. Fa­lan­do em Ge­ne­bra, Fran­çoi­se Hamp­son, mem­bro da Co­mis­são, in­sis­tiu no fac­to de que jo­vens ac­ti­vis­tas de­no­mi­na­dos “Im­bo­ne­ra­ku­re”, que se ali­a­ram ao par­ti­do do Pre­si­den­te Nku­run­zi­za, são responsáve­is por es­tas vi­o­lên­ci­as. “Es­tão pre­sen­tes por to­dos os la­dos e in­ti­mi­dam e ater­ro­ri­zam to­das as pes­so­as que não ma­ni­fes­tam o apoio ao par­ti­do do Pre­si­den­te”, in­di­cou.

As Na­ções Uni­das, no seu relatório, re­fe­rem que a Co­mis­são apli­cou o “Qua­dro de Aná­li­se das Atro­ci­da­des Cri­mi­no­sas” ela­bo­ra­do em 2014 pe­lo Ga­bi­ne­te do Con­se­lho Es­pe­ci­al pa­ra a Pre­ven­ção do Ge­no­cí­dio.

DR

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.