Al­fa­be­ti­za­ção no Bengo com bons re­sul­ta­dos

Jornal de Angola - - REGIÕES - Má­rio Cle­men­te | Bengo

A pro­vín­cia do Bengo con­ta com 15 lo­ca­li­da­des que es­tão em vi­as de se­rem de­cla­ra­das li­vres do anal­fa­be­tis­mo, no qua­dro da es­tra­té­gia tra­ça­da pe­lo Pro­gra­ma de Al­fa­be­ti­za­ção e Aceleração Escolar.

Quem o diz é o co­or­de­na­dor pro­vin­ci­al do Pro­gra­ma de Al­fa­be­ti­za­ção e Aceleração Escolar, Fran­cis­co Fir­mi­no, acres­cen­tan­do que as lo­ca­li­da­des a se­rem de­cla­ra­das li­vres do anal­fa­be­tis­mo são as do Kim­bum­be, Kan­do, Man­gum­bo, Cawan­go, Kis­so­ba, Al­deia Da­la, Ki­fu­lu, Ta­ri, Boa En­tra­da, Ma­ria An­tó­nia, Ben­za, Ki­mu­ki­a­mia, Kis­sa­la, Tchim­ba e Bu­cu­la.

Se­gun­do Fran­cis­co Fir­mi­no, as re­fe­ri­das lo­ca­li­da­des ain­da não fo­ram de­cla­ra­das li­vres do anal­fa­be­tis­mo de­vi­do ao ab­sen­tis­mo, vis­to que as pes­so­as ins­cre­vem-se pa­ra se­rem al­fa­be­ti­za­das e de­pois de­sis­tem com fa­ci­li­da­de, após uma ou du­as se­ma­nas de au­las.

No pre­sen­te ano, acres­cen­tou, fo­ram ma­tri­cu­la­dos na pro­vín­cia do Bengo 12.882 adul­tos, dos quais 1.839 de­sis­ti­ram, en­quan­to que em 2018 fo­ram al­fa­be­ti­za­dos 10.463 ci­da­dãos. Fran­cis­co Fir­mi­no dis­se que uma das es­tra­té­gi­as pa­ra er­ra­di­car o anal­fa­be­tis­mo na pro­vín­cia do Bengo é cri­ar par­ce­ria com a Es­co­la Su­pe­ri­or Pe­da­gó­gi­ca, es­co­las do en­si­no mé­dio ge­ral e ma­gis­té­ri­os, bem co­mo cri­ar e re­vi­ta­li­zar os cen­tros de al­fa­be­ti­za­ção em igre­jas.

O co­or­de­na­dor pro­vin­ci­al do Pro­gra­ma de Al­fa­be­ti­za­ção e Aceleração Escolar re­fe­riu que es­te ano tra­ba­lhou-se ape­nas com 14 fa­ci­li­ta­do­res, com uma di­fe­ren­ça de 78 em re­la­ção ao ano pas­sa­do.

O di­rec­tor in­te­ri­no do Ga­bi­ne­te Pro­vin­ci­al da Edu­ca­ção, An­tó­nio As­su­rei­ra, agra­de­ceu o empenho de to­dos que têm da­do o me­lhor de si, mui­tas ve­zes sem re­com­pen­sa, al­fa­be­ti­zan­do jo­vens e adul­tos. “Os es­for­ços em­pre­en­di­dos no do­mí­nio da al­fa­be­ti­za­ção já pro­du­zi­ram re­sul­ta­dos sa­tis­fa­tó­ri­os, uma vez que mais de um mi­lhão de an­go­la­nos já fo­ram al­fa­be­ti­za­dos”, dis­se An­tó­nio As­su­rei­ra.

A al­fa­be­ti­za­do­ra Ana Be­la Gas­par, que lec­ci­o­na há mais de dez anos, dis­se que o Es­ta­do tem de ar­ran­jar me­ca­nis­mos no sen­ti­do de se ul­tra­pas­sar a ques­tão dos atra­sos no pa­ga­men­to dos sub­sí­di­os, vis­to que mui­tos ca­pa­ci­ta­do­res es­tão a de­sis­tir.

MA­RIA JOÃO | EDI­ÇÕES NO­VEM­BRO |BENGO

En­con­tro ser­viu pa­ra fa­zer o ba­lan­ço da al­fa­be­ti­za­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.