De­ti­dos tra­fi­can­tes de ar­mas de fo­go

Jornal de Angola - - SOCIEDADE -

Dois ci­da­dãos acu­sa­dos de pos­se ile­gal e ven­da de ar­mas de fo­go e de uni­for­me po­li­ci­al fo­ram de­ti­dos nos úl­ti­mos 15 di­as e apre­sen­ta­dos es­ta ter­ça-fei­ra, em Nda­la­tan­do, pro­vín­cia do Cu­an­zaNor­te, pe­lo Ser­vi­ço de In­ves­ti­ga­ção Cri­mi­nal (SIC).

O fac­to foi da­do a co­nhe­cer pe­lo por­ta-voz do SIC no Cuanza-Nor­te, Adão Mo­rais, no ac­to de apre­sen­ta­ção dos su­pos­tos mar­gi­nais e mei­os apre­en­di­dos du­ran­te uma ope­ra­ção con­jun­ta com efec­ti­vos da Po­lí­cia Na­ci­o­nal, re­a­li­za­da no pe­río­do em re­fe­rên­cia.

Adão Mo­rais in­for­mou que a ven­da de uni­for­me po­li­ci­al foi pra­ti­ca­da pe­lo fi­lho de um efec­ti­vo da Po­lí­cia Na­ci­o­nal, que co­mer­ci­a­li­zou a far­da a um su­pos­to agen­te da cor­po­ra­ção.

Já o trá­fi­co de ar­mas de fo­go, do ti­po AKM, foi pra­ti­ca­do em Lu­an­da por um ex-mi­li­tar das For­ças Ar­ma­das An­go­la­nas (FAA), re­si­den­te em Nda­la­tan­do (Cuanza-Nor­te), que ven­deu a ar­ma a uma em­pre­sa de se­gu­ran­ça pri­va­da, não iden­ti­fi­ca­da.

Adão Mo­rais dis­se tra­tar-se de pri­mei­ros ca­sos do gé­ne­ro re­gis­ta­dos es­te ano na pro­vín­cia e in­for­mou que, du­ran­te a ope­ra­ção re­a­li­za­da nos úl­ti­mos 15 di­as, fo­ram ain­da de­ti­dos ou­tros dez ci­da­dãos su­pos­ta­men­te im­pli­ca­dos nos cri­mes de fur­tos e vi­o­la­ção, bem co­mo apre­en­di­dos 120 qui­lo­gra­mas de li­am­ba.

Du­ran­te o ac­to, fo­ram, igual­men­te, apre­sen­ta­das 11 ar­mas de fo­go re­co­lhi­das de me­li­an­tes, das quais oi­to do ti­po AKM e di­ver­sos bens rou­ba­dos em can­ti­nas e re­si­dên­ci­as, nos municípios de Ca­zen­go, Lu­ca­la e Go­lun­go Al­to, con­cluiu Adão Mo­rais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.