As du­as an­te­ri­o­res ope­ra­ções

Jornal de Angola - - MUNDO -

A ofen­si­va de­sen­ca­de­a­da on­tem pe­la Tur­quia no Nor­te da Sí­ria é a ter­cei­ra ope­ra­ção mi­li­tar de An­ca­ra con­tra os com­ba­ten­tes cur­dos das Uni­da­des de Pro­tec­ção Po­pu­lar (YPG) des­de 2016.

De acor­do com o Pre­si­den­te tur­co, Re­cep Tayyip Er­do­gan, a ope­ra­ção "Fon­te de Paz" é di­ri­gi­da con­tra os "ter­ro­ris­tas" do YPG e do gru­po 'jiha­dis­ta' Es­ta­do Is­lâ­mi­co (EI), e tem por ob­jec­ti­vo ins­tau­rar uma "zo­na de se­gu­ran­ça" pa­ra "per­mi­tir o re­gres­so dos re­fu­gi­a­dos sí­ri­os ao seu país".

Ope­ra­ção "Es­cu­do do Eu­fra­tes"

Em 24 de Agos­to de 2016, a Tur­quia lan­çou a ope­ra­ção mi­li­tar "Es­cu­do do Eu­fra­tes" no Nor­te da Sí­ria, do ou­tro la­do da fron­tei­ra. Em al­gu­mas ho­ras, cen­te­nas de re­bel­des sí­ri­os apoi­a­dos pe­la avi­a­ção e tan­ques tur­cos con­quis­tam a ci­da­de de Ja­ra­blus aos 'jiha­dis­tas' do EI. An­ca­ra con­si­de­ra as YPG co­mo um pro­lon­ga­men­to do Par­ti­do dos Tra­ba­lha­do­res do Cur­dis­tão (PKK), a re­be­lião cur­da no Su­des­te do país que com­ba­te o Exér­ci­to tur­co des­de 1984 e con­si­de­ra­da uma "or­ga­ni­za­ção ter­ro­ris­ta" pe­la Tur­quia, Es­ta­dos Uni­dos e União Eu­ro­peia.

Ope­ra­ção "Ra­mo de oli­vei­ra"

Em 20 de Ja­nei­ro de 2018, a Tur­quia lan­ça uma ofen­si­va ter­res­tre e aé­rea de­sig­na­da "Ra­mo de oli­vei­ra" con­tra as YPG na re­gião de Afri­ne (No­ro­es­te), um dos três can­tões da re­gião au­tó­no­ma cur­da do Nor­te da Sí­ria (tam­bém de­sig­na­da por Ro­ja­va), as­sen­te no fe­de­ra­lis­mo de­mo­crá­ti­co, de­mo­cra­cia di­rec­ta, igual­da­de de gé­ne­ro e sus­ten­ta­bi­li­da­de, au­to­pro­cla­ma­da em 2016.

No dia se­guin­te, tan­ques, veí­cu­los blin­da­dos e mi­li­ta­res tur­cos en­tram na re­gião de Afri­ne. O Pri­mei­ro-Mi­nis­tro tur­co in­di­ca que o ob­jec­ti­vo con­sis­te no es­ta­be­le­ci­men­to de uma "zo­na de se­gu­ran­ça" com uma ex­ten­são de 30 qui­ló­me­tros a par­tir da fron­tei­ra.

Em 18 de Mar­ço, as for­ças tur­cas e ali­a­dos sí­ri­os apo­de­ram-se da to­ta­li­da­de de Afri­ne, até en­tão con­tro­la­da pe­las YPG. De acor­do com a ONU, me­ta­de dos 320 mil ha­bi­tan­tes aban­do­na­ram as ca­sas.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.