Que­bra de con­tra­to po­de pro­vo­car ba­ta­lha ju­di­ci­al

Jornal de Angola - - DESPORTO -

Aos pou­cos so­be o tom en­tre a Con­fe­de­ra­ção Afri­ca­na de Fu­te­bol (CAF) e a agên­cia fran­ce­sa Lagardère Sports, de­vi­do ao rom­pi­men­to de for­ma uni­la­te­ral, pe­la ac­tu­al di­rec­ção da en­ti­da­de rei­to­ra da mo­da­li­da­de rai­nha no con­ti­nen­te, do con­tra­to as­si­na­do em Se­tem­bro de 2016, pe­los en­tão pre­si­den­te e se­cre­tá­rio-ge­ral, Is­sa Haya­tou e Hi­cham Al Am­ra­ni, na al­tu­ra, vá­li­do por um mi­lhão de dó­la­res, lê-se nu­ma no­ta do si­te Afrik-fo­ot.

De acor­do com o 'si­te', o con­tra­to atri­buía à agên­cia fran­ce­sa os di­rei­tos so­bre 'me­dia e mar­ke­ting' de to­do o fu­te­bol con­ti­nen­tal, num pe­río­do de 11 anos, de 2017 a 2028, fac­to não acei­te pe­lo ac­tu­al nú­me­ro um da CAF, o mal­ga­xe Ah­mad Ah­mad, que ne­ga o acor­do, por con­si­de­rar que o con­cur­so na sua ba­se es­te­ve ei­va­do de mui­tas la­cu­nas. “To­do o mun­do sa­be que es­te con­tra­to não é bom, e não é uma boa coi­sa pa­ra o fu­te­bol afri­ca­no. De­ve ser re­vis­to”, ha­via di­to Ah­mad Ah­mad, tão lo­go to­mou pos­se na CAF em 2017, mo­men­to a par­tir do qual a en­ti­da­de de­ci­diu rom­per o acor­do.

Por sua vez, num co­mu­ni­ca­do, a Lagardère Sports pro­me­te le­var a CAF à bar­ra dos tri­bu­nais, por con­si­de­rar os seus di­rei­tos usur­pa­dos.

“A agên­cia Lagardère Sports contesta fir­me­men­te a de­ci­são da CAF, que con­si­de­ra ilegal, abu­si­va e in­fun­da­da. A Lagardère re­pro­va pro­fun­da­men­te es­sa si­tu­a­ção e con­vi­da a CAF a re­ver o mais rá­pi­do pos­sí­vel a sua po­si­ção, e a con­ti­nu­ar a hon­rar os com­pro­mis­sos. Ao con­trá­rio, a Lagardère vai ac­ci­o­nar to­dos os me­ca­nis­mos le­gais pos­sí­veis, no sen­ti­do de de­fen­der os seus di­rei­tos e ob­ter uma in­dem­ni­za­ção pe­los pre­juí­zos que lhe fo­rem cau­sa­dos”, avi­sa a agên­cia fran­ce­sa.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.