Or­gu­lho afri­ca­no cai nos oi­ta­vos-de-fi­nal

Se­ne­gal foi o úl­ti­mo “em­bai­xa­dor” do con­ti­nen­te ber­ço a ser eli­mi­na­do do Cam­pe­o­na­to do Mun­do de Sub-17

Jornal de Angola - - DESPORTO - Pe­dro Au­gus­to | Bra­sí­lia

A par­ti­ci­pa­ção afri­ca­na no Cam­pe­o­na­to do Mun­do de Fu­te­bol de Sub-17, que o Bra­sil aco­lhe até ao dia 17 do cor­ren­te, ter­mi­nou da pi­or for­ma. Ou se­ja, as três se­lec­ções que ha­vi­am ga­ran­ti­do pre­sen­ça nos oi­ta­vos­de-fi­nal da pro­va aca­ba­ram por se­guir, ce­do, o ca­mi­nho do cam­peão con­ti­nen­tal, Camarões, eli­mi­na­do na fa­se de gru­pos.

An­go­la, Nigéria e Se­ne­gal fo­ram im­po­ten­tes di­an­te dos res­pec­ti­vos ad­ver­sá­ri­os e, des­te mo­do, dei­xa­ram fu­gir a pos­si­bi­li­da­de de au­men­tar a co­ta­ção a ní­vel do mun­do, prin­ci­pal­men­te as se­lec­ções an­go­la­na e se­ne­ga­le­sa, es­tre­an­tes na com­pe­ti­ção.

A se­lec­ção na­ci­o­nal foi eli­mi­na­da pe­la Co­reia do

Sul, der­ro­ta por 1-0, em Goi­â­nia, num jo­go em que fal­tou sor­te aos Pa­lan­qui­nhas pa­ra ven­ce­rem o de­sa­fio e ga­ran­tir uma his­tó­ri­ca pre­sen­ça nos quar­tos-de-fi­nal, de­pois do “es­tron­do” que foi o apu­ra­men­to pa­ra os oi­ta­vos-de-fi­nal. Po­rém, não se po­de ti­rar mé­ri­to aos Ti­gres da Ásia pe­lo triun­fo ob­ti­do so­bre os an­go­la­nos.

Os Leões da Ta­ran­ga, de­sig­na­ção por que é co­nhe­ci­da a se­lec­ção do Se­ne­gal, ou­tra es­tre­an­te, ape­sar do di­na­mis­mo evi­den­ci­a­do no jo­go, fo­ram der­ro­ta­dos pe­la Es­pa­nha, por 2-1, e dis­se­ram igual­men­te adeus ao cam­pe­o­na­to.

A se­lec­ção pen­ta­cam­peã Mun­di­al, Nigéria, foi a que per­deu por nú­me­ros mais di­la­ta­dos nos “oi­ta­vos”. As Su­per Águi­as fo­ram pe­que­nas de­mais an­te as es­tre­las da Ho­lan­da. Der­ro­ta por 31, no es­tá­dio Be­zer­rão, foi o des­fe­cho da par­ti­da.

Os ni­ge­ri­a­nos, que per­de­ram o tí­tu­lo no Mun­di­al de 2017, a fa­vor da In­gla­ter­ra, se­lec­ção que não de­fen­de o tro­féu por fa­lhar a qua­li­fi­ca­ção na zo­na eu­ro­peia, ape­sar de ter ga­ran­ti­do o pas­se pa­ra os oi­ta­vos-de­fi­nal, de­mons­tra­ram uma pá­li­da ima­gem na pro­va. O apu­ra­men­to foi fei­to com mui­to sa­cri­fí­cio, pois te­ve sem­pre de “ba­ter” os ad­ver­sá­ri­os de re­vi­ra­vol­ta.

Com a eli­mi­na­ção das se­lec­ções de An­go­la, Nigéria e Se­ne­gal, o con­ti­nen­te afri­ca­no, que es­te­ve re­pre­sen­ta­do igual­men­te pe­los Camarões, afas­ta­do na fa­se de gru­pos, fi­ca sem pre­sen­ça na com­pe­ti­ção jo­vem da FIFA.

DR

Ape­sar da di­nâ­mi­ca im­pri­mi­da se­ne­ga­le­ses fo­ram in­ca­pa­zes de tra­var “fú­ria”es­pa­nho­la

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.