Jornal de Angola

Pe­tró­leo ilu­mi­na mer­ca­dos

-

O pre­ço do bar­ril de Brent ne­go­ci­ou, on­tem, ao meio-dia, no mer­ca­do de Lon­dres, no va­lor de 47,70 dó­la­res, uma va­ri­a­ção positiva de 1,62 dó­la­res (3,50 por cen­to).

A al­ta é vis­ta co­mo um no­vo lu­mi­nar, pois, ve­loz­men­te, re­a­cen­de a "es­pe­ran­ça" dos 50 dó­la­res pa­ra mui­to o pre­ço ide­al de en­co­men­das do pe­tró­leo re­fe­rên­cia pa­ra An­go­la.

Es­ta es­ca­la­da em al­ta do Brent de­mons­tra uma vol­ta e ani­ma as pers­pec­ti­vas das en­co­men­das dos fu­tu­ros.

Se­gun­do o "dash­bo­ard" da In­ves­ting.com, en­tre 26 de Ou­tu­bro e 25 de No­vem­bro (ho­je), o pre­ço mais bai­xo do bar­ril foi de 37,46 dó­la­res. Nes­te es­pa­ço de um mês, o va­lor mais al­to do bar­ril é de 47,70 e o mais bai­xo 35,74, com uma di­fe­ren­ça apu­ra­da de 11,90 dó­la­res. A mé­dia apu­ra­da é de 42,27 e o di­fe­ren­ci­al da va­ri­a­ção 14,03 por cen­to.

Re­ac­ções

A co­ta­ção do pe­tró­leo nos mer­ca­dos in­ter­na­ci­o­nais, na se­gun­da-fei­ra, as­si­na­lou um bar­ril de Brent a 46,12 dó­la­res e o WTI a 43,16.

Nes­ta al­tu­ra, eram os pre­ços mais al­tos, com­pa­ra­do há al­guns me­ses, o que re­flec­tia per­sis­tên­cia na pro­cu­ra mun­di­al.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola