Jornal de Angola

DO­EN­ÇA MIS­TE­RI­O­SA DE ORI­GEM TÓ­XI­CA AFECTA 300 PES­CA­DO­RES NO SE­NE­GAL

- Health · Senegal · Dakar · Pasteur Institute · El Hadji Diouf

Pe­lo me­nos 300 pes­ca­do­res se­ne­ga­le­ses regressara­m nos úl­ti­mos di­as a ter­ra com sin­to­mas de uma do­en­ça de pe­le de cau­sa des­co­nhe­ci­da, mas que po­de ter uma “ori­gem tó­xi­ca”, in­for­mou, on­tem, o mi­nis­tro da Saú­de do Se­ne­gal, ci­ta­do pe­la AFP. “Nos úl­ti­mos dois di­as, as­sis­ti­mos ao apa­re­ci­men­to, na zo­na de Thi­a­roye (porto a sul de Da­kar), de uma do­en­ça mis­te­ri­o­sa que ata­ca pes­ca­do­res que re­gres­sam do mar, a quem fre­quen­te­men­te apa­re­cem le­sões”, dis­se o mi­nis­tro Ab­dou­laye Di­ouf Sarr. Os mei­os de co­mu­ni­ca­ção se­ne­ga­le­ses têm di­vul­ga­do ima­gens de ho­mens, to­dos pes­ca­do­res, com ros­tos, bo­cas ou mem­bros com nu­me­ro­sas bo­lhas. O Ins­ti­tu­to Pas­teur e o Cen­tro An­ti­ve­ne­no do Mi­nis­té­rio fo­ram cha­ma­dos a ana­li­sar as causas da do­en­ça. De acordo com o mi­nis­tro da Saú­de do Se­ne­gal, “não há sus­pei­ta” de que a do­en­ça se­ja con­ta­gi­o­sa, uma vez que “ape­nas os pes­ca­do­res que re­gres­sam do mar são afec­ta­dos” e não há pro­pa­ga­ção em mas­sa.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola