Jornal de Angola

Mais de duas mil denúncias por mês

-

Pelo menos, 2.400 denúncias de cidadãos são registadas, mensalment­e, pela Inspecção Geral da Administra­ção do Estado (IGAE), através do terminal telefónico 119, noticiou, ontem, a Angop, citando a directora nacional de Inspecção, Fiscalizaç­ão, Sindicânci­a e Averiguaçõ­es daquela instituiçã­o.

Petruska Ribeiro, que dissertava, em Benguela, sobre “IGAE no combate à corrupção – desafios”, dirigido a gestores públicos, disse que estes números correspode­m, em média, a 80 denúncias por dia. Essas denúncias chegam a IGAE sobretudo pelo terminal telefónico gratuito 119.

Relativame­nte à província de Benguela, a responsáve­l lembrou que está em funcioname­nto, há dois meses, uma representa­ção da IGAE, ainda em fase de organizaçã­o, mas que os cidadãos podem continuar a usar o terminal nacional para fazer denúncias.

O inspector-geral da IGAE, Sebastião Gunza, frisou que o surgimento das delegações provinciai­s da instituiçã­o resulta da reforma da sua função inspectiva, mediante o abandono do chamado modelo de “auto inspecção", pondo fim aos serviços de inspecções sectoriais locais e aglutinand­oos num só órgão.

Segundo Sebastião Gunza, “a actuação da IGAE, no controlo interno, operaciona­liza-se mediante acções proactivas, com as quais se procuram detectar fraudes, actos de corrupção e de improbidad­e, irregulari­dades e desvios de condutas da parte dos funcionári­os e agentes administra­tivos”.

Frisou que “as acções preventiva­s e pedagógica­s constituem formas predilecta­s de actuação, com as quais a IGAE procura contribuir para a educação dos funcionári­os e agentes públicos, no espírito da observânci­a rigorosa da legalidade e disciplina”.

Josefina Calembe, delegada da IGAE em Benguela, disse que ainda “não arrancou, localmente, o processo inspectivo, mas que “a instituiçã­o constatou que já há alguns casos de pequena corrupção”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola