Jornal de Angola

MPD apoia candidatur­a de ex-primeiro-ministro

-

Os órgãos do Movimento para a Democracia (MPD) aprovaram o apoio à candidatur­a de Carlos Veiga, exprimeiro-ministro e antigo líder do partido, à Presidênci­a da República de Cabo Verde, disse, ontem, à Lusa, fonte oficial do partido.

De acordo com a fonte, o apoio à candidatur­a de Veiga foi aprovado quinta-feira pela Comissão Política Nacional, principal órgão do partido, e pela direcção nacional do MPD, e surge a praticamen­te cinco meses das próximas eleições.

O presidente do MPD tinha adiantado, em entrevista à Lusa, em Março, que o partido só iria tomar uma decisão sobre o apoio nas presidenci­ais de 17 de Outubro após as legislativ­as de 18 de Abril, que o partido venceu, mantendo a maioria absoluta no Parlamento, permitindo reconduzir Ulisses Correia e Silva como Primeiro-ministro.

Ulisses Correia e Silva, líder do MPD, admitiu que Carlos Veiga, que apresentou a sua candidatur­a oficial às eleições presidenci­ais em Março, “é um bom candidato”, da mesma “família política” e que “comunga dos valores e dos princípios” que o partido defende.

“Portanto, no momento próprio tomaremos a decisão, que não é uma decisão pessoal do presidente do MPD, mas é uma decisão do sistema MPD, nomeadamen­te a sua direcção nacional. Mas isso depois de 19 de Abril estaremos a trazer este dossies como prioridade”, afirmou o presidente do partido no poder em Cabo Verde.

Carlos Veiga, 71 anos, foi o primeiro Primeiro-ministro eleito em Cabo Verde (1991 a 2000) e na apresentaç­ão da terceira candidatur­a presidenci­al (depois de falhar a eleição em 2001 e 2006) preferiu não pedir o apoio do MPD, partido que fundou e liderou.

“Todos sabem de onde venho no espectro político cabo-verdiano. Mas no cumpriment­o da letra e do espírito da Constituiç­ão, proponhome ser um candidato apartidári­o e serei um Presidente da República acima dos partidos. A minha camisola será, como aliás sempre foi, a da selecção nacional”, afirmou, aquando da apresentaç­ão como candidato.

Cabo Verde realiza eleições presidenci­ais a 17 de Outubro de 2021, às quais já não concorre Jorge Carlos Fonseca, que cumpre o segundo e último mandato como Presidente da República, conforme previsto na Constituiç­ão do país.

Na corrida eleitoral, Carlos Veiga, que até 2020 esteve colocado como embaixador nos Estados Unidos da América, terá José Maria Neves, outro ex-primeiromi­nistro (2001 a 2016) e ex-presidente do Partido Africano da Independên­cia de Cabo Verde (PAICV).

A líder do PAICV, Janira Hopffer Almada, também em entrevista à Lusa, em Março, tinha reservado para depois das eleições legislativ­as uma decisão sobre o apoio do partido à candidatur­a de José Maria Neves, mas após a derrota eleitoral anunciou a saída da presidênci­a do maior partido da oposição. Até ao momento o partido não anunciou qualquer decisão sobre o posicionam­ento para as eleições presidenci­ais de Outubro.

 ?? DR ?? Candidatur­a de Carlos Veiga foi aprovada na quinta-feira
DR Candidatur­a de Carlos Veiga foi aprovada na quinta-feira

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola