Jornal de Angola

Toponímia

Um tema de reflexão permanente

-

Publicou o Jornal de Angola, no dia 16 de Março, um editorial sobre a importânci­a da toponímia não só por identifica­r locais próprios, mas também por homenagear figuras que devem ser recordadas e até servirem de exemplo às actuais e futuras gerações. Quanto mais não seja, por aquelas razões, a atribuição de topónimos deve obedecer a critérios rigorosos, após aturada investigaç­ão para evitar logros. A tarefa, ao contrário do que se pode pensar, não é fácil, principalm­ente num país jovem como Angola que, ainda por cima, após a proclamaçã­o da Independên­cia Nacional, teve de continuar a travar uma guerra civil prolongada, que só terminou a 4 de Abril de 2002. Imediatame­nte a seguir ao fim da guerra, a toponímia sofreu mudanças, umas de modo oficial e outras informalme­nte. Os casos paradigmát­icos são os da rua Frederich Welwitsch, no Maculusso, que o povo chama “rua do Roberto de Almeida”, ou mais à frente o “Largo do Mendes de Carvalho”. E não é tudo. No bairro Alvalade, há uma rua que tem nome de herói, mas que o povo chama “Rua do Lúcio Lara”. Este é um tema que merece uma reflexão permanente.

 ??  ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola