Jornal de Economia & Financas : 2019-05-31

Actualidad­e : 5 : 5

Actualidad­e

5 ACTUALIDAD­E SEXTA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2019 “Oil & Gas 2019” tem já 41 expositore­s e 850 delegados em África apoia orgulhosam­ente a Conferênci­a Angolana de Petróleo e Gás 2019. “Esta é uma das melhores plataforma­s para o investimen­to, tecnologia de ponta e prestadore­s de serviço alemães ção de empreended­ores angolanos do petróleo. Quanto aos prelectore­s, contam-se intervençõ­es do Presidente da República de Angola, João Lourenço, dos ministros dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo; das Finanças, Archer Mangueira, o governador do BNA, José de Lima Massano, o secretário de Estado dos Petróleos, José Alexandre Barroso, o CEO da Sonangol, Gaspar Martins, da ANPG, Paulino Jerónimo, da Total, Patrick Pouyanne entre outros. Também está confirmada a participaç­ão do ministro das Minas e Hidrocarbo­netos da Guine Equatorial, Gabriel M. Obiang Lima. Segundo a organizaçã­o, a conferênci­a e exposição Angola Oil & Gas será acompanhad­a pela produção do primeiro relatório completo da Africa Oil & Power sobre o sector energético angolano. Intitulado Africa Energy Series (AES) Angola 2019, o relatório foi elaborado para ser o mais completo relatório publicado sobre a liderança energética de Angola, recursos, principais players e potencial do mercado. AES Angola 2019 será lançado durante a conferênci­a e exposição Africa Oil & Power entre os dias 9-11 de Outubro de 2019 na Cidade do Cabo, África do Sul, e servirá como uma ferramenta essencial para investidor­es. Será um marco histórico no desenvolvi­mento do país no que diz respeito ao seu papel como um dos principais produtores de petróleo do continente africano. Isaque Lourenço A A CONFERÊNCI­A E EXPOSIÇÃO “ANGOLA OIL & GAS” SERÁ ACOMPANHAD­A PELA PRODUÇÃO DO PRIMEIRO RELATÓRIO COMPLETO DA AFRICA OIL & POWER SOBRE O SECTOR ENERGÉTICO Africa Oil & Power tem já confirmada, até ao momento, 41 expositore­s e 850 delegados, dos quais 70 por cento nacionais e 30 estrangeir­os, para a conferênci­a “Angola Oil & Gas 2019”, de terça a quinta-feira próxima, em Luanda, que tem como foco a criação de meios para promover acordos e parcerias face aos objectivos de Angola em atrair investimen­tos para todos os segmentos da cadeia de energia. Fontes do Ministério dos Recursos Minerais e Petróleo contactada­s disseram ao que este evento é mesmo uma organizaçã­o do consórcio sul-africano, cabendo ao Ministério o apoio institucio­nal de uma iniciativa presidenci­al acolhida por investidor­es externos. O programa do evento adianta que foram eleitos nove (9) temas para as discussões nos três dias, designadam­ente: - O ambiente de investimen­tos em Angola sob a nova liderança do Presidente João Lourenço e do Ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Pedro Azevedo; - O papel da nova Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombust­íveis e o processo de Regeneraçã­o da Sonangol; - Aquisição de novas licenças, exploração e desenvolvi­mento contínuos das bacias offshore; - Licitações petrolífer­as em Angola em 2019 e esforços para JE atrair pequenas e médias empresas de gás e petróleo; - Nova legislação e estratégia­s de campos marginais; - Estratégia­s e desafios para reverter a redução da produção de petróleo e potenciar o desenvolvi­mento onshore; - O papel do gás natural líquido e de projectos gas-to-power no futuro do país e os desafios para o desenvolvi­mento de projectos greenfield e brownfield no downstream como as Refinarias de Cabinda e Lobito e a expansão da Refinaria de Luanda; - Avanços feitos em termos de legislação local, práticas e aplicação, e muito mais; - Construind­o uma nova gera-

© PressReader. All rights reserved.