En­cer­ra­das bom­bas ile­gais

Com­ba­te ao con­tra­ban­do de com­bus­tí­veis se­gue na pro­vín­cia da Lun­da Nor­te

Jornal de Economia & Financas - - Empresas -

Cin­co bom­bas de com­bus­tí­veis fo­ram en­cer­ra­das por su­pos­to con­tra­ban­do e fun­ci­o­na­men­to ile­gal na fron­tei­ra do Can­zar, co­mu­na do mu­ni­cí­pio de Cam­bu­lo, pro­vín­cia da Lun­da Nor­te.

A in­for­ma­ção foi avan­ça­da es­ta se­ma­na, na ci­da­de do Dun­do, pe­lo por­ta-voz da co­mis­são de tra­ba­lho da Ope­ra­ção Res­ga­te na pro­vín­cia, Al­ci­des Ca­zan­guia, pa­ra quem a exis­tên­cia das bom­bas ile­gais in­cen­ti­va o des­vio de combustíve­l à ci­da­de do Dun­do pa­ra ser ven­di­do às noi­tes no mer­ca­do con­go­lês.

In­for­ma, no en­tan­to, que as cin­co bom­bas de com­bus­tí­veis po­dem ser re­a­ber­tas tão lo­go se­jam le­ga­li­za­das e cri­a­das con­di­ções de se­gu­ran­ça, sob for­te fis­ca­li­za­ção, cu­ja co­mis­são pa­ra o efei­to já es­tá cri­a­da.

A lo­ca­li­da­de de Can­zar faz fron­tei­ra com cin­co pro­vín­ci­as da Re­pú­bli­ca De­mo­crá­ti­ca do Con­go (RDC), que, em con­jun­to, pos­su­em uma po­pu­la­ção es­ti­ma­da em 30 mi­lhões de ha­bi­tan­tes.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.