PIP 2019 re­vis­to com 827 no­vos pro­jec­tos so­ci­ais em car­tei­ra

Jornal de Economia & Financas - - Empresas -

Pe­lo me­nos 827 pro­jec­tos so­ci­ais dos quais 762 de âm­bi­to lo­cal e 65 cen­tral de­ve­rão in­te­grar o Pro­gra­ma de In­ves­ti­men­tos Pú­bli­cos (PIP) 2019 re­vis­to, per­fa­zen­do 36 mil mi­lhões, qua­tro­cen­tos e qu­a­ren­ta e no­ve mi­lhões, qu­a­ren­ta mil seis­cen­tos e de­zas­seis kwan­zas.

Os da­dos cons­tam do Re­la­tó­rio Pa­re­cer con­jun­to fi­nal da Pro­pos­ta de Lei de re­vi­são do OGE 2019, apro­va­do es­ta se­ma­na pe­las co­mis­sões de tra­ba­lho es­pe­ci­a­li­za­das da As­sem­bleia Na­ci­o­nal com 30 vo­tos a fa­vor, seis con­tra e ne­nhu­ma abs­ten­ção.

O do­cu­men­to re­co­men­da que o pro­gra­ma de In­ves­ti­men­tos Pú­bli­cos se­ja re­for­mu­la­do com pri­o­ri­da­des nos sec­to­res da Edu­ca­ção, Saú­de, Cons­tru­ção e Obras Pú­bli­cas, Ener­gia e Águas, Se­gu­ran­ça e Or­dem Pú­bli­ca, bem co­mo nos ór­gãos da ad­mi­nis­tra­ção lo­cal (go­ver­nos pro­vin­ci­ais e ad­mi­nis­tra­ções mu­ni­ci­pais) pa­ra aten­der às ne­ces­si­da­des dos mu­ni­cí­pi­os.

Res­sal­ta, igual­men­te, a ne­ces­si­da­de da re­vi­são dos cri­té­ri­os de alo­ca­ção de ver­bas pa­ra cons­tru­ção e re­a­bi­li­ta­ção de es­co­las ten­do em con­ta as es­pe­ci­fi­ci­da­des de ca­da re­gião, bem co­mo o in­gres­so de no­vos pro­fis­si­o­nais da saú­de no país.

A pro­pó­si­to, o de­pu­ta­do Da­vid Mendes, da Uni­ta, en­ten­de que de­ve-se dar pri­o­ri­da­de ao en­qua­dra­men­to de três mil mé­di­cos que se en­con­tram sem tra­ba­lho.

No âm­bi­to do pro­jec­to cen­tral, com in­ci­dên­cia lo­cal no do­mí­nio da ener­gia e águas, o mi­nis­tro da Ad­mi­nis­tra­ção do Ter­ri­tó­rio e Re­for­ma do Es­ta­do, Adão de Al­mei­da, des­ta­cou o sis­te­ma de abas­te­ci­men­to de águas nas pro­vín­ci­as das Lun­das Nor­te e Sul.

In­for­mou que a pri­mei­ra fa­se, te­ve in­ci­dên­cia na Lun­da Nor­te, es­tá pra­ti­ca­men­te con­cluí­da, mas pre­ci­sa de re­cur­sos adi­ci­o­nais e a se­gun­da fa­se in­ci­di­rá so­bre a pro­vín­cia da Lun­da Sul. Sem dé­fi­ce or­ça­men­tal e a pri­vi­le­gi­ar o sec­tor so­ci­al com 33.5 por cen­to da des­pe­sa to­tal, a pro­pos­ta do OGE foi re­vis­ta com uma re­fe­rên­cia do pre­ço do pe­tró­leo em usd 55.

A re­vi­são foi mo­ti­va­da pe­la bai­xa da pro­du­ção petrolífer­a na­ci­o­nal, que pas­sou de um mi­lhão, 570 mil bar­ris/dia pa­ra um mi­lhão e 434 mil bar­ris. A pro­pos­ta de Or­ça­men­to Ge­ral Re­vis­to (OGE) 2019 foi à vo­ta­ção fi­nal glo­bal na quin­ta-fei­ra (06), du­ran­te a 5ª reu­nião ple­ná­ria ex­tra­or­di­ná­ria.

A pro­pos­ta subs­ti­tui o OGE apro­va­do em De­zem­bro, ava­li­a­do em 11,2 bi­liões de kwan­zas e ela­bo­ra­do com ba­se no pre­ço do bar­ril de usd 68. Pre­vê re­cei­tas e des­pe­sas es­ti­ma­das em dez bi­liões, tre­zen­tos e se­ten­ta e dois mil mi­lhões, oi­to­cen­tos e ses­sen­ta e qua­tro mi­lhões, seis­cen­tos e se­ten­ta e qua­tro mil, cen­to e do­ze kwan­zas e no­ven­ta e dois cên­ti­mos, me­nos no­ve por cen­to do fi­xa­do no or­ça­men­to em vi­gor.

DR

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.