CORRECÇÃO DE DE­SE­QUI­LÍ­BRI­OS ECO­NÓ­MI­COS JUS­TI­FI­CAM A RE­VI­SÃO DO OGE

Jornal de Economia & Financas - - Actualidad­e -

O Exe­cu­ti­vo an­go­la­no jus­ti­fi­cou, em Maio, em Lu­an­da, que a so­li­ci­ta­ção de re­vi­são do Or­ça­men­to de Ge­ral do Es­ta­do 2019, le­va­da ao Par­la­men­to, vi­sou cor­ri­gir os de­se­qui­lí­bri­os in­ter­nos e ex­ter­nos na eco­no­mia. O go­ver­no pre­ten­deu, se­gun­do avan­çou, cri­ar as con­di­ções de con­fi­an­ça pa­ra que o in­ves­ti­men­to na eco­no­mia pos­sa ter lugar aos ní­veis ade­qua­dos e re­ti­rar o país da re­ces­são eco­nó­mi­ca que vi­go­ra des­de 2016. A re­vi­são foi fei­ta com o pre­ço do pe­tró­leo em bai­xa, a 55 dó­la­res o bar­ril em vez dos 68 dó­la­res por bar­ril adop­ta­dos ini­ci­al­men­te. No seu Re­la­tó­rio Pa­re­cer de Re­vi­são do OGE fi­cou apro­va­do uma re­du­ção de 8,40 por cen­to do va­lor ini­ci­al­men­te pre­vis­to pe­lo Go­ver­no, ava­li­a­do em 11.355.138.688.790.00 (on­ze bi­liões, tre­zen­tos e trin­ta e cin­co mil mi­lhões, cen­to e trin­ta e oi­to mi­lhões, seis­cen­tos e oi­ten­ta e oi­to mil e se­te­cen­tos e no­ven­ta kwan­zas). A no­va pro­pos­ta é de 10.400.865.675.100.00 (dez bi­liões, qua­tro­cen­tos mil mi­lhões, oi­to­cen­tos e ses­sen­ta e cin­co mi­lhões, seis­cen­tos e se­ten­ta e cin­co mil e cem kwan­zas) e des­pe­sas em igual mon­tan­te. A no­va pro­pos­ta pre­vê um cres­ci­men­to po­si­ti­vo do PIB não pe­tro­lí­fe­ro em cer­ca de 1,6%, com re­al­ce pa­ra os sec­to­res da agri­cul­tu­ra, pes­cas, ener­gia e águas e mi­ne­ral não pe­tro­lí­fe­ro. Com is­so, man­ter-se-á a ten­dên­cia de­cres­cen­te da in­fla­ção em An­go­la, cu­ja ta­xa pas­sou de 41,1%, em 2016, pa­ra 18,6 %, em 2018, po­den­do atin­gir es­te ano os 15%.

Mi­nis­té­rio das Finanças pro­cu­rou ajus­tar do­cu­men­to às ne­ces­si­da­des

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.