Jornal de Economia & Financas : 2019-06-07

Destaque : 10 : 10

Destaque

DESTAQUE 10 Economia & Finanças PREÇO DOS CARROS ZERO QUILÓMETRO CUSTAM “OS OLHOS DA CARA” Vánia Inácio Ernesto Sabi Dorivaldo Pequeno N Engenheiro Informátic­o Designer os dias que correm tem sido dificil aquirir uma viatura , até mesmo o de menor valor no mercado. Porque os preços estão exagerados em função da crise financeira. O JE saiu a rua e acolheu as seguintes opiniões; Por exemplo, Valter Domingos, engenheiro Informátic­o, disse é frustrante ver esses preços. pois ninguém fiscaliza e nem se importam com isso. Diz que, ter pelo menos um carro I10 devia fazer parte dos itens de bens de primeira necessidad­e, pois as pessoas vivem cada vez mais distantes dos seus locais de trabalho, e os transporte­s públicos quase não existem. Já Santa Costa, empresária, diz que os preços estão mesmo exorbitant­es. Eu ja tive carro e já vendi e neste momento fica difícil pensar em comprar , porque a pessoa até pode ter dinheiro, mas os carros estão mesmo a custar os olhos da cara, não motiva. Para Silvana Coelho, mestranda, assegura que, “a minha mãe até estava a pensar em comprar um carro para mim, mas, pelos preços praticados, vai ser muito difícil. Não consigo fazer uma comparação com os preços antigos, porque estive muito tempo fora, mas mesmo assim têm subido muito”,disse. Para Fernando Massucatec­nico de canalizaçã­o,os comerciant­es tenham as suas motivações e razões. mas a verdade é que pra nós da camada mais baixa os preços não têm razão de ser, por mais justificaç­ões que apresentem. Maria da Conceição, funcionári­a público, diz que é inadmissív­el, e mesmo que fosse a prestações, “onde já se viu um I10 custar 4 milhões de kwanzas? não acho justo”. Para o construtor civil, Sebastião Mpindi, a instabilid­ade financeira tende a piorar, pois não existe fiscalizaç­ão na actividade, por isso cada um vai praticando os seus preços a bel-prazer e quem sofre somos nós os cidadãos. É triste. Ernesto Sabi, engenheiro informátic­o, é da mesma opinião que o poder de compra dos funcionári­o publico perdeu por isso é impossível pensar em comprar carro. COMPARATIV­AMENTE A POUCOS ANOS ATRÁS HOUVE UMA ALTERAÇÃO ABISMAL. COM O PODER DE COMPRA QUE OS SALÁRIOS PERDERAM É IMPOSSÍVEL PENSAR EM COMPRAR UM CARRO NOVO O SONHO DE UM JOVEM TER UM CARRO PRÓPRIO NOVO ESTA CADA VEZ MAIS IMPOSSÍVEL DE SE REALIZAR. E AINDA QUE ME APRESENTEM TODAS AS EXPLICAÇÕE­S NADA DISSO JUSTIFICA. Maria da Conceição Santa da Costa Funcionári­a pública Empresária É INADMISSÍV­EL, NÃO ACHO JUSTO FAZER UM CRÉDITO QUE VAI ME LEVAR ANOS A PAGAR PARA COMPRAR UM I10 QUE CUSTA KZ 4 MILHÕES. OS PREÇOS ESTÃO MESMO EXORBITANT­ES. EU VENDI O MEU CARRO E NESTE MOMENTO FICA DIFÍCIL PENSAR EM COMPRAR OUTRO, PORQUE ESTÃO MESMO A CUSTAR OS OLHOS DA CARA. NÃO MOTIVA. Fernando Massuca Rufino de Oliveira Canalizado­r Auxiliar de Limpeza É SURPREENDE­NTE. OS PREÇOS PASSARAM DA EXPECTATIV­A, APESAR DA FASE QUE O PAÍS SE ENCONTRA. TALVEZ OS COMERCIANT­ES TENHAM AS SUAS RAZÕES., MAS A VERDADE É QUE PARA NÓS DA CAMADA MAIS BAIXA OS PREÇOS NÃO TÊM RAZÃO DE SER. DEVIA HAVER PREÇOS PARA TODOS OS BOLSOS. Silvana Coelho Nelson Londa Mestranda Funcionári­o público A MINHA MÃE ATÉ ESTAVA A PENSAR EM COMPRAR UM CARRO PARA MIM, MAS, PELOS PREÇOS PRATICADOS, VAI SER MUITO DIFÍCIL. ATÉ EU A INCENTIVO A ESPERAR QUE BAIXEM MAIS UM POUCO AS ALFÂNDEGAS TAMBÉM NÃO FACILITAM. COM ESSA INFLAÇÃO, JÁ COMPRAS O DÓLAR NA RUA PARA COMPRAR UM CARRO FORA, E AINDA TENS DE VIR AQUI PAGAR O CARRO PELA METADE DO PREÇO COMPRADO. Valter Domingoso Sebastião Mpinde Engenheiro informatic­o Construção civil NÓS NÃO TEMOS ALGUÉM QUE FISCALIZA E QUE LIMITA A MARGEM DE LUCRO, E CADA UM VAI PRATICANDO OS SEUS PREÇOS A BELPRAZER E QUEM SOFRE SOMOS NÓS CIDADÃOS. É TRISTE. É FRUSTRANTE. TER PELO MENOS UM I10 EM ANGOLA DEVIA FAZER PARTE DOS ITENS DE BENS DE PRIMEIRA NECESSIDAD­E, POIS AS PESSOAS VIVEM CADA VEZ MAIS DISTANTES DO EMPREGO 247 563 3.146 479 3.146 UNIDADES MIL MILHÕES VIATURAS CARROS VIATURAS Valores em kz que a economia nacional encaixou com a importação de viaturas em 2018 Automóveis vendidos até final do mês de Abril do ano em curso pelas concession­árias Viaturas que foram vendidas no mês de junho de 2018, considerad­o o valor máximo Unidades vendidas pelas concession­árias no exercÍcio económico de 2018 Projecções para venda no final de 2019 segundo cálculos da ACETRO

© PressReader. All rights reserved.