Fa­zen­da Vi­ne­va­la pre­vê co­lher 400 to­ne­la­das de tri­go es­te mês

O pro­jec­to agrá­rio es­tá lo­ca­li­za­do no mu­ni­cí­pio do Chin­guar e é uma mais-va­lia na re­gião nu­ma al­tu­ra em que o pro­pri­e­tá­rio con­ta com 50 hec­ta­res no An­du­lo

Jornal de Economia & Financas - - Agricultur­a -

Cer­ca de 400 to­ne­la­das de tri­go po­de­rão ser co­lhi­das es­te mês, pe­la fa­zen­da Vi­ne­va­la, num es­pa­ço de 223 hec­ta­res.

Se­gun­do Al­feu Vi­ne­va­la, pro­pri­e­tá­rio do pro­jec­to lo­ca­li­za­do no mu­ni­cí­pio agrá­rio do Chin­guar ( Bié), já co­lheu até ago­ra, de for­ma ma­nu­al, o equi­va­len­te a 10 to­ne­la­das de tri­go.

“Es­ta­mos a fa­zer a nos­sa par­te, mo­bi­li­za­mos mais tra­ba­lha­do­res even­tu­ais e es­ta­mos a co­lher ma­nu­al­men­te o tri­go, en­quan­to es­pe­ra­mos res­pos­tas das au­to­ri­da­des cen­trais, que pro­me­te­ram in­ter­vir e so­lu­ci­o­nar a si­tu­a­ção”, afir­mou, em en­tre­vis­ta ao JE.

O agri­cul­tor afir­mou que o plan­tio de 230 hec­ta­res de tri­go não se tra­ta de ex­pe­ri­ên­cia, mas sim uma apos­ta na di­ver­si­fi­ca­ção dos pro­du­tos do cam­po na sua fa­zen­da, ten­do acres­cen­ta­do que nos três anos plan­tou en­tre se­te e 10 hec­ta­res.

“Plan­tar 230 hec­ta­res de tri­go não é à tí­tu­lo ex­pe­ri­men­tal. Eu re­a­fir­mo que não se tra­ta de ne­nhu­ma ex­pe­ri­ên­cia. É uma ini­ci­a­ti­va pa­ra mos­trar que os pro­du­to­res an­go­la­nos po­dem re­du­zir a im­por­ta­ção de tri­go, produzindo lo­cal­men­te e as­sim aju­dar o Go­ver­no na di­ver­si­fi­ca­ção da eco­no­mia”, ga­ran­tiu.

O agri­cul­tor des­ta­cou que vai con­ti­nu­ar a plan­tar o tri­go por ser um ce­re­al fá­cil de cul­ti­var, sen­do que pa­ra is­so, vai ad­qui­rir má­qui­nas de cul­ti­vo de mi­lho e de tri­go.

“Va­mos tra­ba­lhar pa­ra atin­gir es­te pro­pó­si­to. Va­mos ter má­qui­nas apro­pri­a­das pa­ra a co­lhei­ta des­tes pro­du­tos nos pró­xi­mos tem­pos”, ga­ran­tiu, ape­sar de re­co­nhe­cer que ain­da são “mui­to ca­ras”.

A fa­zen­da “Vi­ne­va­la” es­tá lo­ca­li­za­da no mu­ni­cí­pio do Chin­guar ( Bié) e ocu­pa uma ex­ten­são de mais de 500 hec­ta­res de ter­ra ará­veis, on­de pro­duz ba­ta­ta-re­na, mi­lho, tri­go e ou­tros ce­re­ais.

O em­pre­sá­rio Al­feu Vi­ne­va­la pos­sui ain­da, no pro­vín­cia do Bié, cer­ca de 50 hec­ta­res, no mu­ni­cí­pio do An­du­lo, on­de es­te mês pre­vê co­lher 500 to­ne­la­das de ba­ta­ta-re­na.

Al­freu Vi­ne­va­la Em­pre­sá­rio agrí­co­la

É UMA INI­CI­A­TI­VA PA­RA MOS­TRAR QUE OS PRO­DU­TO­RES AN­GO­LA­NOS PO­DEM RE­DU­ZIR A IM­POR­TA­ÇÃO DE TRI­GO, PRODUZINDO LO­CAL­MEN­TE

A fa­zen­da “Vi­ne­va­la” es­tá a apos­tar na pro­du­ção do tri­go o que tem ge­ra­do mui­tos em­pre­gos nos jo­vens da re­gião

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.