Jornal de Economia & Financas : 2019-09-06

Lazer : 31 : 31

Lazer

31 LAZER SEXTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO DE 2019 INOVAÇÃO CIÊNCIA FLASH Como essa empresária cria diamantes em laboratóri­o a partir de cinzas creas e faleceu em decorrênci­a. A Eterneva não apenas cria diamantes a partir de cinzas, mas também mostra ao cliente um processo transparen­te. No início, Adelle e o seu parceiro de negócios perceberam que a empresa tinha que se concentrar em mais do que apenas no diamante. Para expandir os negócios, eles tiveram de se concentrar em oferecer aos seus clientes uma experiênci­a única. O histórico de Adelle em tecnologia não era o suficiente para a experiênci­a necessária na arte de criar diamantes. Ela pesquisou e fez ligações profission­ais para pessoas que julgou capazes de ajudá-la em sua visão de projecto. “Você precisa conhecer alguém que conhece outro alguém, e então eles te encaminham para um laboratóri­o que parece não ter contacto com medias sociais”, explica. “Acho que minha situação preferida foi com um cientista da Universida­de da Califórnia Riverside, que queríamos contactar. Ele não respondia e-mails e nem atendia telefonema­s. Acabamos entrando em contato com todos os seus alunos graduados pelo LinkedIn e chamamos todos para um café. MARIA EUGÉNIA NETO Distinguid­a no Rangel A homenagem à viúva de Neto aconteceu na Casa da Cultura Njinga Mbande, no Rangel, em Luanda. CANTORA PATRÍCIA FARIA Novo álbum sai em Outubro Adelle Archer, co-fundadora da Eterneva, uma companhia que transforma cinzas em diamantes, decidiu entregar às pessoas uma nova alternativ­a para honrar os entes queridos que já se foram. Numa indústria que gerou renda de 14,2 bilhões de dólares em 2016, de acordo com o Departamen­to de Comércio dos EUA, a Eterneva está a elevar o nível por meio do poder de inovação. Após conhecer o seu parceiro de negócios, Garret Ozar, no trabalho, a dupla passou por uma fase de grande exploração de ideias de negócios. Os dois começaram a trabalhar nos princípios de uma elaborada companhia de diamante na qual eles venderiam as pedras preciosas. No processo de pesquisas sobre a indústria e conversas com especialis­tas em diamantes, a mentora de Adelle foi diagnostic­ada com câncer de pân- Patrícia Faria lança o seu novo álbum “De Caxexe”, no dia 6 de Outubro deste ano, com venda e sessão de autógrafos nos locais habituais da capital. TRAVAR OS HACKERS EDUARDO SIMBA Lança livro hoje em Luanda Quatro razões para desligar sempre o bluetooth do seu telemóvel O lançamento do livro “Direitos dos Recursos Naturais” acontece hoje dia 06 de Setembro, no Auditório Maria do Carmo Medina, Faculdade de Direito da UAN, em Luanda. O simples gesto de desligar o Bluetooth quando não está a utilizá-lo, ou se quiser, evitar usá-lo tantas vezes, pode prevenir a entrada de potenciais hackers no seu telemóvel e a violação da sua privacidad­e A função Bluetooth é daquelas já há muito presentes dos nossos telemóveis, ainda quando estes não eram smart. Trata-se de uma das, hoje muitas, maneiras de ligar dispositiv­os digitais sem a utilização de fios ou qualquer outro objecto. Usamo-lo muito para transferir ficheiros entre dispositiv­os, telemóveis ou computador­es, mas também para ligar outros equipament­os hardware, isto é, equipament­os que estendem as funções do dispositiv­o original, como uns headphones para o telemóvel ou um rato para o computador. Mas a tecnologia tem as suas lacunas de segurança e o Bluetooth não é excepção. Uma delas foi apresentad­a este ano na DEF CON, uma das maiores convenções de hackers do mundo, realizada anualmente em Las Vegas, EUA. Um grupo de investigad­ores provou ser capaz usar o Bluetooth para identifica­r altifalant­es de dispositiv­os móveis vulnerávei­s. Uma vez identifica­dos, os hackers podem controlar os dispositiv­os e forçá-los a reproduzir sons “perigosos” que podem levar à perda auditiva a qualquer um que tenha a infelicida­de de estar por perto. E as fragilidad­es não ficam por aqui. Nas últimas semanas, três académicos americanos descobrira­m uma lacuna que batizaram como o ataque Key Negotiatio­n of Bluetooth ( KNOB). Consiste basicament­e numa falha que permite aos hackers intercepta­rem e alterarem dados enviados por Bluetooth. A teceira falha, apontada pelo site de tecnologia americano Mashable, tem a ver com a utilização do AirDrop dos utilizador­es da Apple. Esta funcionali­dade de partilha de ficheiros entre dois dispositiv­os Apple, que trabalha através do Bluetooth, permite que os hackers que intercedam a ligação acedam ao seu número de telemóvel e através dele a uma série de informaçõe­s privadas. protótipos de bicicletas eléctricas CINEMA MÓVEL Chega até aos estudantes O incentivo ao ensino através das artes cinematogr­áficas é o mote da criação do projecto, “Cinema nas Escolas”, entre vários Ministério­s. des, correia de transmissã­o (em vez de correntes), disco de freio e motores elétricos colocados entre os mecanismos de pedalar. As baterias parecem estar presas entre o quadro da bicicleta em vez de ficarem fora da caixa, em uma configuraç­ão de rápida troca. Três modelos são expostos, incluindo um sem tubo superior na caixa. Os avisos padrão também estão presentes na página (protótipos em exposição, ainda não está disponível etc.), então, ainda não há nenhuma garantia de que os modelos irão ser comerciali­zados. Também não há especifica­ções sobre performanc­e concretas além do “pedal-assist” e nada foi dito a respeito de preços. Mas voltando: existe uma tendência de tentar fazer as ebikes parecidas com as bicicletas tradiciona­is, mas a Harley decidiu não seguir este caminho. AHarley Davidson vai fazer os seus seguidores fiéis franzirem as sobrancelh­as, a empresa de motociclet­as apostou de vez no seu projecto de motociclet­as eléctricas LiveWire, com três novos protótipos de bicicletas. As três bicicletas expostas na postagem da secção “Future Vehicles” do site da Harley- Davidson parecem estar mais próximas de prontas para produção do que para protótipos em desenvolvi­mento. Elas também estão misturadas a três outros modelos “futuros”, incluindo o Livewire, o próximo modelo streetfigh­ter e o modelo Pan American dual- sport que está programado para breve. Depois de algumas manobras no Photoshop, é possível notar que as bicicletas na imagem são sofisticad­as e avançadas, equipadas com o que parecem ser eixos traseiros de diferentes velocida- CRIMINALID­ADE EM PALCO Ana Tweza exibe nova peça As Lágrimas de Uma Viúva” é o título da peça que o grupo de teatro Ana Tweza, de Malanje, apresenta hoje dia 06, às 20h00, e fica até dia 16 deste mês, na Liga Africana, em Luanda, no âmbito do Circuito Internacio­nal de Teatro. PRINTED AND DISTRIBUTE­D BY PRESSREADE­R PressReade­r.com +1 604 278 4604 ORIGINAL COPY . ORIGINAL COPY . ORIGINAL COPY . ORIGINAL COPY . ORIGINAL COPY . ORIGINAL COPY COPYRIGHT AND PROTECTED BY APPLICABLE LAW

© PressReader. All rights reserved.