Fa­ci­li­ta­ção do co­mér­cio po­de ga­ran­tir bom am­bi­en­te de negócio

Jornal Economia and Finanças - - EMPRESAS -

A im­ple­men­ta­ção ade­qua­da das me­di­das pre­vis­tas no acor­do so­bre a Fa­ci­li­ta­ção do Co­mér­cio, po­de per­mi­tir a cri­a­ção de um bom am­bi­en­te de ne­gó­ci­os no país, bem co­mo in­cen­ti­var no­vos in­ves­ti­men­tos que po­dem pres­su­por mais pos­tos de tra­ba­lho. A afir­ma­ção é do se­cre­tá­rio de Es­ta­do do Co­mér­cio, Ama­deu Lei­tão, na aber­tu­ra do Mó­du­lo II do workshop de for­ma­ção so­bre Fa­ci­li­ta­ção de Co­mér­cio re­a­li­za­da ter­ça-fei­ra úl­ti­ma em Lu­an­da, pro­mo­vi­do em par­ce­ria com a União Eu­ro­peia (UE) e a Con­fe­rên­cia das Na­ções Uni­das pa­ra o Co­mér­cio e De­sen­vol­vi­men­to. De acor­do com o Ama­deu Lei­tão Nu­nes, es­tá cons­ti­tuí­do o

Co­mi­té Na­ci­o­nal de Fa­ci­li­ta­ção do Co­mér­cio, cu­jo ob­jec­ti­vo é ga­ran­tir a co­o­pe­ra­ção e co­la­bo­ra­ção en­tre as agên­ci­as de fron­tei­ra, tais co­mo a AGT, ser­vi­ços ve­te­ri­ná­ri­os, co­mér­cio e de po­li­ci­a­men­to, no qua­dro dos com­pro­mis­sos as­su­mi­dos por An­go­la na OMC pa­ra a im­ple­men­ta­ção das me­di­das pre­vis­tas no acor­do so­bre a Fa­ci­li­ta­ção do Co­mér­cio. Se­gun­do o Che­fe da De­le­ga­ção da UE em An­go­la, o em­bai­xa­dor To­más Ulicny, o co­mér­cio de­sem­pe­nha um pa­pel im­por­tan­te no de­sen­vol­vi­men­to so­ci­o­e­co­nó­mi­co das co­mu­ni­da­des, ge­ra em­pre­gos, pro­mo­ve bens e ser­vi­ços e con­se­quen­te­men­te a me­lho­ria das con­di­ções de vi­da das po­pu­la­ções.

Mem­bros do Co­mi­té de Fa­ci­li­ta­ção do Co­mér­cio tra­çan­do no­vas es­tra­té­gi­as

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.