Ne­nhu­ma lín­gua é “es­tran­gei­ra”

Jornal Economia and Finanças - - LAZER -

Fe­liz­men­te, dois fa­mo­sos in­ven­to­res ja­po­ne­ses le­va­ram a tra­du­ção da lín­gua pa­ra o ní­vel se­guin­te e cri­a­ram um tra­du­tor ins­tan­tâ­neo cha­ma­do Mu­a­ma Enen­ce. Es­te po­de fa­cil­men­te traduzir uma con­ver­sa em tem­po re­al pa­ra mais de 40 idi­o­mas usan­do ape­nas al­guns cli­ques.

As­sim, não pre­ci­sa co­nhe­cer ou apren­der ou­tro idi­o­ma pa­ra ser ca­paz de co­mu­ni­car ne­le. Di­fi­cul­da­des cau­sa­das por bar­rei­ras lin­guís­ti­cas, em bre­ve se­rão coi­sa do pas­sa­do! Apren­der um no­vo idi­o­ma le­va me­ses e até anos de es­tu­dos de­di­ca­dos. A Mu­a­ma Enen­ce po­de aju­dá-lo(a) a se trans­for­mar num co­mu­ni­ca­dor(a) ca­paz ins­tan­ta­ne­a­men­te!

A Mu­a­ma Enen­ce é ba­ra­to. Um tra­du­tor ou in­tér­pre­te pro­fis­si­o­nal ex­pe­ri­en­te po­de ser ca­ro, e é ne­ces­sá­rio pa­gar mais de uma vez. A Mu­a­ma Enen­ce exi­ge ape­nas um pa­ga­men­to úni­co pa­ra uma enor­me se­lec­ção de lín­guas.

Com o seu de­sign le­ve e ta­ma­nho pe­que­no, a Mu­a­ma Enen­ce é fá­cil de trans­por­tar em qual­quer bol­so ou bol­sa e es­tá mes­mo ali quan­do ne­ces­sá­rio. Daí o no­me “tra­du­tor de voz por­tá­til” que vai que­rer usar to­dos os di­as.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.