DE NO­VO NA DI­AN­TEI­RA

D'AGOS­TO VEN­CE SPOR­TING E JUN­TA-SEAO DES­POR­TI­VO NA LI­DE­RAN­ÇA

Jornal dos Desportos - - PORTADA - BETUMELEANO FERRÃO

A equi­pa mi­li­tar do “rio se­co” re­as­su­miu o co­man­do do Gi­ra­bo­la Zap, ao der­ro­tar on­tem, no 11 de No­vem­bro, os Leões do Nor­te, com go­lo so­li­tá­rio de Show. O con­jun­to ori­en­ta­do por Dra­gam Jo­vic par­ti­lha, as­sim, a li­de­ran­ça “ex-aquo” com os mi­li­ta­res da 5ª Re­gião que sá­ba­do, na aber­tu­ra da 10ª jor­na­da, ven­ce­ram o Li­bo­lo por 1-0.

As Afrotaças vão afec­tar a con­clu­são da 11ª jor­na­da do cam­pe­o­na­to, mais con­cre­ta­men­te, o ali­ci­an­te jo­go Petro de Lu­an­da - Des­por­ti­vo da Huí­la. Os tri­co­lo­res jo­gam fo­ra, no sá­ba­do, com o Sta­de de Ma­li­en, pa­ra a Ta­ça da Con­fe­de­ra­ção, ain­da as­sim, na quar­ta­fei­ra e na quin­ta-fei­ra a ron­da tem ou­tros car­ta­zes que de­vem pren­der os adep­tos, pois, ca­da vez têm mais mo­ti­vos pa­ra acom­pa­nha­rem o despique que já se no­ta no to­po da clas­si­fi­ca­ção ge­ral.

O cha­ma­do dérbi do Les­te, Sa­gra­da Es­pe­ran­ça - FC Bra­vos do Ma­quis, às 15h00 no Es­tá­dio do Dun­do, é um dos gran­des atrac­ti­vos de quar­ta-fei­ra. Os an­ta­go­nis­tas ti­ve­ram de­sem­pe­nhos di­fe­ren­tes, na ron­da pas­sa­da, o que au­men­ta a ex­pec­ta­ti­va.

En­quan­to os di­a­man­tí­fe­ros am­bi­ci­o­nam dar sequên­cia ao que fez, os ma­qui­sar­des lu­tam pa­ra cor­ri­gir o pas­so em fal­so da­do em ca­sa. A ines­pe­ra­da der­ro­ta ca­sei­ra, com o Re­cre­a­ti­vo da Caá­la, au­men­tou o pe­so da res­pon­sa­bi­li­da­de da equi­pa do Lu­e­na na des­lo­ca­ção ao Dun­do.

As du­as equi­pas es­tão ci­en­tes da gran­de carga emo­ci­o­nal que o dérbi vai pro­vo­car, pois, o pe­so é igual pa­ra os dois la­dos por­que nem o Sa­gra­da nem o Ma­quis con­se­guem ser re­gu­la­res e con­ti­nu­am a al­ter­nar os re­sul­ta­dos.

A pri­mei­ra vol­ta es­tá a ca­mi­nhar pa­ra o fim, sem que di­a­man­tí­fe­ros e ma­qui­sar­des tran­qui­li­zem os seus adep­tos, tal­vez de­pois do dérbi al­gu­ma coi­sa mu­de, já que a rivalidade en­tre os vi­zi­nhos po­de re­sul­tar em al­go de bom pa­ra o ven­ce­dor.

Te­mí­vel em ca­sa, o Spor­ting de Ca­bin­da ten­ta pre­va­le­cer com re­la­ção ao jo­go com o Ka­bus­corp do Pa­lan­ca, às 15h00 no Ta­fe. Os leões são sem­pre di­fí­ceis qu­an­do es­tão no seu re­du­to. A am­bi­ção de so­mar o nú­me­ro pos­sí­vel de pon­tos pe­ran­te os adep­tos, faz da equi­pa ver­de e bran­co um ad­ver­sá­rio in­de­se­já­vel a to­dos. Há, por­tan­to, to­dos os mo­ti­vos pa­ra acre­di­tar na equi­pa da ca­sa, que an­seia re­nas­cer a fa­ma de tom­ba -gi­gan­tes que de­mo­ra a apa­re­cer na tem­po­ra­da.

Os pa­lan­qui­nos es­tão lon­ge do es­plen­dor esperado, con­tu­do, a clas­si­fi­ca­ção pa­re­ce boa, têm de se pre­o­cu­par com o re- gres­so a Lu­an­da, tra­zen­do os pon­tos pa­ra es­ta­rem per­to do pe­lo­tão da fren­te.

Ain­da sem pe­da­la­da pa­ra se­guir o rit­mo dos ri­vais, os pu­pi­los de Pau­lo Tor­res es­tão com os tra­ba­lhos de ca­sa cer­tos, com mais um triun­fo de­vem con­ti­nu­ar per­to dos que pre­ten­dem ul­tra­pas­sar.

A ca­da jor­na­da, o Re­cre­a­ti­vo do Li­bo­lo pro­va que não tem ca­pa­ci­da­de com­pe­ti­ti­va pa­ra se aguen­tar de pé, na pri­mei­ra vol­ta, en­quan­to o ASA es­tá a fa­zer uma cam­pa­nha so­frí­vel, to­da­via, é o ti­po de ad­ver­sá­rio que dá es­pe­ran­ça a quem an­seia por re­cu­pe­ra­ção a ca­da ron­da. O api­to ini­ci­al soa tam­bém às 15h00, no Es­tá­dio de Ca­lu­lo, com os do­nos de ca­sa pres­si­o­na­dos a so­ma­rem três pon­tos. A in­ter­mi­tên­cia de re­sul­ta­dos, faz dos li­bo­len­ses as gran­des de­cep­ções do Gi­ra­bo­la, pe­lo que os adep­tos têm mo­ti­vos de quei­xa con­tra a equi­pa. A pri­mei­ra vol­ta es­tá na rec­ta fi­nal e a equi­pa es­tá na zo­na de des­ci­da.

Os avi­a­do­res pro­me­te­ram mui­to por cau­sa das exi­bi­ções, con­tu­do, fal­tam-lhes os re­sul­ta­dos fa­vo­rá­veis, de mo­do con­se­cu­ti­vo, pa­ra uma cam­pa­nha tran­qui­la. Ga­nhar o 'pon­ti­to', an­te o con­jun­to ori­en­ta­do por Sér­gio Bo­ris que se en­con­tra nu­ma po­si­ção afli­ta, é o mí­ni­mo que se pe­de à equi­pa ori­en­ta­da por Jo­sé Di­nis.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.