LEWIS HAMILTON

PER­DE PRÉ­MIO NA IN­GLA­TER­RA

Jornal dos Desportos - - PORTADA -

Não é por me­ro aca­so, que Lewis Hamilton é apon­ta­do co­mo dos mai­o­res pi­lo­tos da his­tó­ria da Fór­mu­la 1. Afi­nal, os seus nú­me­ros são só su­pe­ra­dos por Mi­cha­el Schu­ma­cher, o gran­de re­cor­dis­ta da ca­te­go­ria.

São cin­co tí­tu­los mun­di­ais, 72 vi­tó­ri­as e 83 po­les (o que é um re­cor­de ab­so­lu­to) nu­ma car­rei­ra de 12 anos. Pa­ra com­ple­tar, há anos que é o des­por­tis­ta bri­tâ­ni­co mais bem pa­go do mun­do, ho­je, fi­gu­ra no top 12 no mun­do.

Por tan­tas con­quis­tas, de­ve­ri­am tor­ná-lo uma len­da no seu país. To­da­via, não é is­so que acon­te­ce na In­gla­ter­ra. Um exem­plo de re­sis­tên­cia acon­te­ceu, re­cen­te­men­te, du­ran­te a en­tre­ga do pres­ti­gi­a­do pré­mio de des­por­tis­ta do Ano da BBC.

Hamilton con­quis­tou o pen­ta­cam­pe­o­na­to, no seu me­lhor cam­pe­o­na­to da car­rei­ra em ter­mos de pi­lo­ta­gem, era um dos in­di­ca­dos, con­tu­do, per­deu na elei­ção po­pu­lar pa­ra o ci­clis­ta Ge­raint Tho­mas, que tam­bém con­se­guiu um gran­de fei­to: o ci­clis­ta ven­ceu o Tour de Fran­ce.

Ao dis­cur­so no even­to, o pi­lo­to dis­se que a sua vi­da foi "uma lon­ga jor­na­da, saiu da fa­ve­la." Ra­pi­da­men­te re­ti­rou o ter­mo e dis­se "não fa­ve­la exac­ta­men­te, mas sair de um lu­gar e fa­zer al­go di­fe­ren­te." A po­lé­mi­ca, con­tu­do, já es­ta­va ar­ma­da e os mo­ra­do­res da sua ci­da­de na­tal, Ste­ve­na­ge, exi­gi­ram a re­tra­ta­ção, ao que o pi­lo­to fez por meio de su­as re­des so­ci­ais

"Te­nho or­gu­lho das mi­nhas ori­gens e es­pe­ro que sai­bam que eu ten­to re­pre­sen­tá-las da me­lhor for­ma pos­sí­vel, nin­guém é per­fei­to. Eu, de­fi­ni­ti­va­men­te, co­me­to er­ros e par­ti­cu­lar­men­te qu­an­do se tem uma pla­teia na fren­te e ten­ta en­con­trar as pa­la­vras cer­tas. Eu es­co­lhi as pa­la­vras er­ra­das", ad­mi­tiu.

O des­li­ze ge­rou uma en­xur­ra­da de crí­ti­cas, na im­pren­sa bri­tâ­ni­ca, com os jor­nais co­mo o In­de­pen­dent, a du­vi­dar que a in­fân­cia de Hamilton fos­se tão di­fí­cil co­mo ele apre­goa, ci­tou o en­si­no pri­va­do que te­ve pa­ra ter­mi­nar o En­si­no Mé­dio, al­go que na ver­da­de foi pa­go pe­la McLa­ren, de­pois que o pi­lo­to pas­sou a ser apoi­a­do pe­la equi­pa, aos 13 anos. Crí­ti­cas, à ma­nei­ra co­mo Hamilton se ex­pres­sa são co­muns, es­pe­ci­al­men­te de­vi­do ao so­ta­que que os bri­tâ­ni­cos con­si­de­ram fal­so e ame­ri­ca­ni­za­do. Po­rém, a gran­de crí­ti­ca que sem­pre acom­pa­nhou o bri­tâ­ni­co na sua car­rei­ra na Fór­mu­la 1, é de­vi­do ao fac­to de ter re­si­dên­cia fi­xa­da no Mó­na­co, por con­ta dis­so, não pa­ga im­pos­tos no Rei­no Uni­do.

"Ele sem­pre vai di­vi­dir opi­niões no país, por con­ta dis­so", pu­bli­cou o The Ti­mes num ar­ti­go so­bre o fac­to do no­me do pi­lo­to ser ci­ta­do no dos­si­er Pa­ra­di­se Pa­pers, em No­vem­bro de 2017, por evi­tar o pa­ga­men­to de qua­se 80 mi­lhões em im­pos­tos, ao usar um esquema da Ilha de Man pa­ra abri­gar o jac­to par­ti­cu­lar.

O pi­lo­to nun­ca foi for­mal­men­te pro­ces­sa­do pe­lo ca­so. Po­rém, ao mes­mo tem­po em que re­ce­be du­ras crí­ti­cas no seu país, Hamilton tam­bém tem um gran­de nú­me­ro de fãs na In­gla­ter­ra.

A pro­va dis­so, é o en­tu­si­as­mo dos bri­tâ­ni­cos pe­la cor­ri­da de Sil­vers­to­ne, que fi­ca en­tre as de mai­or pú­bli­co nas úl­ti­mas tem­po­ra­das. Em 2018, o GP da Grã-Bre­ta­nha foi o de mai­or pú­bli­co na tem­po­ra­da, com 340 mil pes­so­as pre­sen­tes nos três di­as de even­to.

Bri­tâ­ni­co in­di­fe­ren­te à con­quis­ta por Ge­raint Tho­mas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.