Dis­ci­pli­na co­nhe­ce de­crés­ci­mo em 2018

Jornal dos Desportos - - MODALIDADES - GH, NO LU­BAN­GO

O ano de 2018 foi apon­ta­do, pe­lo pre­si­den­te de di­rec­ção da As­so­ci­a­ção Pro­vin­ci­al de Bas­que­te­bol da Huíla (APBH), Hen­ri­ques Al­ba­no, co­mo sen­do mui­to crí­ti­co no to­can­te ao en­ga­ja­men­to dos clu­bes, pe­se em­bo­ra ter-se cum­pri­do com a re­a­li­za­ção das pro­vas in­ter­nas. O di­ri­gen­te dis­se que 2018 foi um ano du­ro, por­que os seus fi­li­a­dos não es­ta­vam de­vi­da­men­te en­ga­ja­dos, pa­ra par­ti­ci­par em cer­tas ac­ti­vi­da­des pro­gra­ma­das pe­la as­so­ci­a­ção e fe­de­ra­ção, de­vi­do a al­guns cons­tran­gi­men­tos fi­nan­cei­ros.

Fa­ce a is­so, re­fe­riu Hen­ri­ques Al­ba­no, os clu­bes não po­di­am cor­res­pon­der cor­rec­ta­men­te jun­to da as­so­ci­a­ção, por­que quem faz o bas­que­te­bol são os nos­sos fi­li­a­dos. Pa­ra es­te ano, des­ta­cou, as me­tas pas­sam por me­lho­rar as di­fi­cul­da­des vi­ven­ci­a­das em 2018.

“O ano de 2019 vai ser de re­fle­xão em re­la­ção a mui­tos as­pec­tos, prin­ci­pal­men­te os ne­ga­ti­vos que acon­te­ce­ram em 2018. Va­mos tu­do fa­zer pa­ra que pos­sa­mos me­lho­rar al­gu­mas si­tu­a­ções. O que nós po­de­mos pe­dir, de an­te­mão, pa­ra 2019, é o cum­pri­men­to ri­go­ro­so dos clu­bes pa­ra com a as­so­ci­a­ção, por­que qu­an­do os clu­bes não cum­prem com os seus de­ve­res, há uma com­pli­ca­ção enor­me”, fri­sou. A cri­a­ção de par­ce­ri­as com al­gu­mas em­pre­sas co­lec­ti­vas e sin­gu­la­res, pa­ra per­mi­tir bus­car pa­tro­cí­ni­os e apoi­os pa­ra que a mo­da­li­da­de te­nha um rit­mo mui­to for­te, são en­tre ou­tras me­tas tra­ça­das pe­la as­so­ci­a­ção de bas­que­te­bol da Huíla ao lon­go do ano 2019. Hen­ri­ques Al­ba­no afir­mou que in­de­pen­den­te­men­te dis­so, tam­bém a as­so­ci­a­ção vai cri­ar um pro­to­co­lo mais acer­ta­do com a fe­de­ra­ção, vis­to que há vá­ri­os me­ca­nis­mos fe­de­ra­ti­vos que tam­bém de­via dar o seu apoio di­rec­to as as­so­ci­a­ções e não o fa­zem, por­que têm mui­tas de­bi­li­da­des so­bre­tu­do no que tan­ge as ins­cri­ções.

“Mas a co­mu­ni­ca­ção não che­ga a tem­po e ho­ra. Te­mos que acer­tar as pro­vas, por­que os nos­sos fi­li­a­dos tam­bém quei­xam-se que qu­an­do vão as pro­vas na­ci­o­nais têm mui­tas de­bi­li­da­des. En­tão, te­mos que fa­zer vá­ri­os acer­tos, vis­to que já te­re­mos a as­sem­bleia-ge­ral no de­cur­so des­te mês”, dis­se.

Ga­ran­tiu que, es­te ano, a as­so­ci­a­ção vai em­pe­nhar-se na re­a­li­za­ção das com­pe­ti­ções in­ter­nas, com re­al­ce pa­ra o tor­neio de aber­tu­ra e cam­pe­o­na­tos pro­vin­ci­ais, pa­ra que pos­sam de­cor­rer nos pra­zos es­ta­be­le­ci­dos, em vez de se­rem dis­pu­ta­dos até o mês de De­zem­bro. “Fa­re­mos tu­do pa­ra que is­so de­cor­ra de uma for­ma me­lhor em 2019. Que se­ja di­fe­ren­te do que acon­te­ceu em 2018”, as­se­gu­rou.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.