AN­GO­LA FA­LHA

ACES­SO DIRECTO A TÓ­QUIO 2020

Jornal dos Desportos - - PORTADA - ME­LO CLE­MEN­TE

ASe­lec­ção Na­ci­o­nal de basquetebo­l em se­ni­o­res mas­cu­li­nos fa­lhou o apu­ra­men­to directo aos Jo­gos Olím­pi­cos de Tó­quio, Ja­pão, em 2020, mer­cê da der­ro­ta de on­tem, di­an­te da si­mi­lar da Tu­ní­sia, por 84-86, em par­ti­da que mar­cou o en­cer­ra­men­to das du­as se­lec­ções afri­ca­nas na 18ª edi­ção da Co­pa do Mun­do, com­pe­ti­ção que ter­mi­na a 15 do mês em curso, com a dis­pu­ta da gran­de fi­nal.

Nu­ma par­ti­da em que es­ta­vam proi­bi­dos de fa­lhar, os hen­de­ca­cam­peões afri­ca­nos não fo­ram ca­pa­zes de man­ter a se­re­ni­da­de na pon­ta fi­nal, so­man­do a sua quar­ta der­ro­ta na com­pe­ti­ção, falhando des­te mo­do, o apu­ra­men­to directo aos Jo­gos de Tó­quio.

Ape­sar de ter con­se­gui­do a sua me­lhor exi­bi­ção, fun­da­men­tal­men­te, nos úl­ti­mos dois quar­tos, em que a Se­lec­ção Na­ci­o­nal con­se­guiu um par­ci­al de 10-0, de­pois de es­tar a per­der nos pri­mei­ros 20 mi­nu­tos por 13 pon­tos de di­fe­ren­ça (52-37), os pu­pi­los do téc­ni­co nor­te-ame­ri­ca­no, Will Voigt, não ti­ve­ram a cal­ma ne­ces­sá­ria pa­ra ba­ter a se­lec­ção da Tu­ní­sia, ac­tu­al cam­peã afri­ca­na.

Com Le­an­dro da Con­cei­ção a co­man­dar as ac­ções ofensivas, o cin­co na­ci­o­nal pe­ca­va nas ac­ções de­fen­si­vas, on­de se mos­tra­va bas­tan­te per­mis­si­va, si­tu­a­ção mui­to bem apro­vei­ta­da pe­la se­lec­ção da Tu­ní­sia que mar­cou no quar­to ini­ci­al 31 pon­tos, con­tra 20 da Se­lec­ção Na­ci­o­nal que au­gu­ra­va a qua­li­fi­ca­ção di­rec­ta pa­ra os Jo­gos Olím­pi­cos de Tó­quio.

A fal­ta de sob mar­ca­ção das li­nhas de passes, ali­a­das as per­das

sis­te­má­ti­cas de bo­la, per­mi­tiu a se­lec­ção da Tu­ní­sia jo­gar a seu be­lo pra­zer, prin­ci­pal­men­te, no pri­mei­ro pe­río­do.

Já com a pre­sen­ça do ba­se do Gru­po Des­por­ti­vo In­ter­clu­be, Ger­son Do­min­gos, An­go­la me­lhor sig­ni­fi­ca­ti­va­men­te com re­al­ce pa­ra as ac­ções de­fen­si­vas, ape­sar de ter per­di­do no par­ci­al, por 21-17, per­fa­zen­do 52-37, ao cabo dos pri­mei­ros 20 mi­nu­tos a fa­vor dos tu­ni­si­nos, que as­se­gu­ram o pas­se de aces­so ao Pré-Olím­pi­co.

Con­tra to­das às ex­pec­ta­ti­vas, os an­go­la­nos trans­fi­gu­ra­ram-se no ter­cei­ro pe­río­do, fru­to da de­fe­sa agressiva que evi­den­ci­a­ram, obri­gan­do os ac­tu­ais cam­peões afri­ca­nos a co­me­te­ram inú­me­ros er­ros.

Nes­ta eta­pa, a Se­lec­ção Na­ci­o­nal ar­ran­cou a sua me­lhor exi­bi­ção, ten­do ven­ci­do no par­ci­al por 28-15, per­fa­zen­do 65-67, na en­tra­da do der­ra­dei­ro pe­río­do, à fa­vor da se­lec­ção fo­ras­tei­ra.

A cir­cu­la­ção da bo­la em to­das as zo­nas da qua­dra, on­de era pri­vi­le­gi­a­do o jo­go in­te­ri­or com Ya­nick Mo­rei­ra e Val­de­lí­cio Jo­a­quim a as­su­mi­rem as des­pe­sas da par­ti­da, An­go­la co­lo­cou em sen­ti­do a Tu­ní­sia, que per­deu a li­de­ran­ça do mar­ca­dor (74-71) a seis mi­nu­tos do fim do de­sa­fio, obri­gan­do o téc­ni­co lu­so -gui­ne­en­se, Má­rio Pal­ma, a so­li­ci­tar um des­con­to de tem­po.

O ex­tre­mo ba­se do Atlé­ti­co Pe­tró­le­os de Luanda, Ger­son Gon­çal­ves, por três oca­siões e com dois "ar­má­ri­os" à sua fren­te, ten­tou sem su­ces­so vi­o­lar a ces­ta con­trá­ria, si­tu­a­ção que gal­va­ni­zou os tu­ni­si­nos, to­man­do no­va­men­te a li­de­ran­ça do mar­ca­dor até ao api­to fi­nal, pa­ra o de­sa­len­to do com­bi­na­do na­ci­o­nal que al­me­ja­va a qua­li­fi­ca­ção pa­ra os Jo­gos Olím­pi­cos de Tó­quio.

DR

Cin­co na­ci­o­nal ar­ran­cou a me­lhor exi­bi­ção no adeus à com­pe­ti­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.