CI­TA­ÇÕES

Jornal dos Desportos - - ABERTURA -

“O pi­or que acon­te­ceu, foi o che­fe do De­par­ta­men­to de Fu­te­bol (do In­ter­clu­be, Ger­ry) ter agre­di­do o meu jo­ga­dor (Ama­ro). Se nós te­mos aqui (Es­tá­dio 22 de Ju­nho) po­lí­ci­as é pa­ra pro­te­ger e não é pa­ra dei­xar agre­dir-nos. Não se es­que­çam que o ou­tro in­di­ví­duo é o mes­mo que agre­diu o fis­cal de li­nha Jú­lio Le­mos, as ima­gens so­bre is­so são cla­ras. ”

ZE­CA AMARAL, trei­na­dor do Bra­vos do Ma­quis

“Va­mos avan­çar com a nos­sa prata da ca­sa, que já tra­ba­lha con­nos­co há bas­tan­te tem­po. É sem­pre bom pa­ra nós, os trei­na­do­res, ter o gru­po de jo­ga­do­res com­ple­to na pré-épo­ca. In­fe­liz­men­te não acon­te­ceu com o nos­so gru­po. Por is­so, va­mos avan­çar com os que es­tão con­nos­co des­de o iní­cio. ”

PAULO MACEDO, trei­na­dor de basquetebo­l do 1º de Agos­to

“Te­nho es­ta con­vic­ção pro­fun­da, por­que sei o tra­ba­lho que nós fi­ze­mos ao lon­go des­ta úl­ti­ma le­gis­la­tu­ra, deu tan­tos fru­tos, foi tão fru­tí­fe­ro e não acre­di­to que a es­tra­té­gia se­ja al­te­ra­da. A es­tra­té­gia de tra­ba­lhar em par­ce­ria, de tra­ba­lhar em ar­ti­cu­la­ção. Te­mos de sa­ber ar­ti­cu­lar­mo-nos da me­lhor ma­nei­ra ”

JOÃO PAULO RE­BE­LO, Se­cre­tá­rio de Es­ta­do por­tu­guês do Des­por­to

“Quan­do me me­to em con­fu­sões, quer se­ja pe­las de­cla­ra­ções, quer se­ja pe­lo meu com­por­ta­men­to, é qua­se sem­pre pro­po­si­ta­do, ser­ve pa­ra des­con­trair, pas­sar um bom bo­ca­do, quan­do che­ga­mos ao bal­neá­rio ri­mo­nos. O mun­do do fu­te­bol é uma far­sa, uma men­ti­ra, um espectácul­o. ”

GERARD PIQUÉ, Jo­ga­dor do Bar­ce­lo­na

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.