Des­por­tis­tas aplau­dem de­ci­são to­ma­da

Jornal dos Desportos - - INTERNACIO­NAL -

Os des­por­tis­tas de vá­ri­os ‘can­tos’ do mun­do e das mais di­ver­sas mo­da­li­da­des ‘aplau­di­ram’ em unís­so­no o adi­a­men­to dos Jo­gos Olím­pi­cos Tó­quio2020, pa­ra 2021, con­cor­dan­do que o im­por­tan­te ago­ra é a lu­ta con­tra a pan­de­mia da co­vid-19.

“Po­de­mos con­ti­nu­ar a so­nhar com uns Jo­gos ma­ra­vi­lho­sos, mas, ago­ra, é tem­po de apoi­ar aque­les que tra­ba­lham pa­ra cu­rar os do­en­tes e pa­ra nos man­ter sau­dá­veis”, dis­se a na­da­do­ra nor­te-ame­ri­ca­na Ka­tie Le­dec­ki, que con­ta cin­co me­da­lhas de ou­ro olím­pi­cas, acres­cen­tan­do: “Va­mos ven­cer is­to jun­tos”.

O que­ni­a­no Eliud Kpi­cho­ge, cam­peão olím­pi­co da ma­ra­to­na, fa­lou de uma de­ci­são “mui­to sá­bia”, en­quan­to o ci­clis­ta bel­ga

Vic­tor Vam­pe­na­erts, de­ten­tor do re­cor­de da ho­ra, dis­se que se tra­tou de uma “boa de­ci­são, a úni­ca que po­di­am ter to­ma­do ago­ra”.

De Fran­ça, o bi­cam­peão olím­pi­co de ju­do Teddy Rin­ner afir­mou que ago­ra “há um com­ba­te mais im­por­tan­te pa­ra ga­nhar” do que os Jo­gos Olím­pi­cos, ga­ran­tin­do: “Tó­quio, ve­mo-nos em 2021”.

A na­da­do­ra es­pa­nho­la Mi­reia Bel­mon­te, me­da­lha­da nos Jo­gos de Lon­dres2012 e do Rio2016, pen­sa que se fez “fi­nal­men­te o cor­rec­to, o que ti­nha de ser fei­to”, lem­bran­do que não era pos­sí­vel “trei­nar em con­di­ções óp­ti­mas, em igual­da­de com ou­tros”.

O seu com­pa­tri­o­ta e bas­que­te­bo­lis­ta Pau Ga­sol, me­da­lha de pra­ta em 2008 e 2012 e de bron­ze em 2016, elo­gio a de­ci­são “tão di­fí­cil” de adi­ar os Jo­gos, pa­ra dei­xar cla­ro que “a saú­de e o bem-es­tar de­vem pre­va­le­cer por ci­ma de qual­quer ou­tra coi­sa”.

A fu­te­bo­lis­ta Car­la Lloyd, que aju­dou os Es­ta­dos Uni­dos a ar­re­ba­tar o ou­ro em 2008 e 2012, ex­pli­cou que o co­vid-19 “ul­tra­pas­sa os Jo­gos Olím­pi­cos”, pe­lo que se tra­tou de uma “boa de­ci­são”, fa­ce a um “ví­rus sem pre­ce­den­tes e a uma si­tu­a­ção sa­ni­tá­ria que se con­ti­nua a agra­var”.

De Itá­lia, o país com mais ví­ti­mas mortais pro­vo­ca­das pe­lo no­vo co­ro­na­ví­rus, o ci­clis­ta Vin­cen­zo Ni­ba­li tam­bém ‘aplau­diu’ o COI, já que, nu­ma al­tu­ra co­mo a que se vi­ve, o “mun­do de­ve com­ba­ter es­ta emer­gên­cia e o des­por­to po­de es­pe­rar”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.