Ro­dri­gues de­fen­de en­tre­ga do tí­tu­lo ao Pe­tro de Lu­an­da

Trei­na­dor do FC Vi­la Clo­til­de rei­te­rou tam­bém a con­ti­nui­da­de ou a anu­la­ção do cam­pe­o­na­to na­ci­o­nal

Jornal dos Desportos - - MODALIDADE­S - JUSCELINO DA SIL­VA

Otrei­na­dor da equi­pa sé­ni­or mas­cu­li­na de bas­que­te­bol do FC Vi­la Clo­til­de, Ri­car­do Ro­dri­gues, ma­ni­fes­tou-se con­tra a pa­ra­li­sa­ção do cam­pe­o­na­to na­ci­o­nal e de­fen­deu que a Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Bas­que­te­bol de­via atri­buir o tí­tu­lo de cam­peão na­ci­o­nal ao Pe­tro de Lu­an­da, fa­ce à pro­pa­ga­ção do pan­de­mia co­vid-19.

O es­pe­ci­a­lis­ta jus­ti­fi­cou ao Jor­nal dos Des­por­tos que o des­co­nhe­ci­men­to da da­ta pa­ra a re­to­ma da com­pe­ti­ção na­ci­o­nal cau­sa an­si­e­da­de com im­pli­ca­ções na ges­tão da mo­da­li­da­de.

"A Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Bas­que­te­bol (FAB) de­via en­tre­gar o tí­tu­lo ao Pe­tro de Lu­an­da por ser o gran­de pre­ju­di­ca­do com a pa­ra­li­sa­ção do cam­pe­o­na­to na­ci­o­nal. A equi­pa tri­co­lor ti­nha tu­do bem en­ca­mi­nha­do pa­ra ga­nhar a com­pe­ti­ção", dis­se.

Ri­car­do Ro­dri­gues sus­ten­ta que a pa­ra­li­sa­ção vai fa­ci­li­tar o ar­qui-ri­val dos pe­tro­lí­fe­ros.

"Com a pau­sa, o ad­ver­sá­rio di­rec­to (1º de Agos­to) vai re­vi­go­rar-se, en­quan­to o Pe­tro de

Lu­an­da po­de não vol­tar a es­tar no mes­mo ní­vel com­pe­ti­ti­vo no rei­ní­cio do cam­pe­o­na­to, quan­do os cam­peões na­ci­o­nais ti­nham tu­do pa­ra co­lo­car mais um tí­tu­lo na ga­le­ria", jus­ti­fi­cou.

O trei­na­dor do FC Vi­la Clo­til­de jus­ti­fi­ca que "o Pe­tro de Lu­an­da é a equi­pa mais re­gu­lar da com­pe­ti­ção", por is­so, "o tí­tu­lo es­ta­ria bem en­tre­gue".

Ri­car­do Ro­dri­gues de­fen­de que "a FAB de­via en­con­trar ou­tras al­ter­na­ti­vas pa­ra a con­ti­nui­da­de da com­pe­ti­ção, co­mo re­cor­rer a jo­gos e aos trei­nos à por­ta fe­cha­da". As im­pli­ca­ções da pa­ra­li­sa­ção re­flec­tem-se na con­di­ção fí­si­ca do atle­ta. O trei­na­dor mos­trou-se pre­o­cu­pa­do com a si­tu­a­ção.

"Nes­se mo­men­to, to­dos es­tão em ca­sa e sem trei­no; não po­dem to­car em fer­ros, bo­las e ou­tros equi­pa­men­tos por cau­sa do co­vid-19", dis­se.

Ri­car­do Ro­dri­gues apon­tou três pos­sí­veis ce­ná­ri­os pe­ran­te a de­ci­são to­ma­da pe­las au­to­ri­da­des. Pri­mei­ro, ter­mi­nar o cam­pe­o­na­to e atri­buir o tí­tu­lo ao pri­mei­ro clas­si­fi­ca­do. Se­gun­do, co­mo não exis­te um horizonte tem­po­ral pa­ra o re­gres­so às qua­dras, es­pe­rar pe­la me­lho­ria da si­tu­a­ção vi­gen­te. O ter­cei­ro se­ria a anu­la­ção do cam­pe­o­na­to na­ci­o­nal e per­mi­tir às equi­pas pre­pa­rar a pró­xi­ma épo­ca des­por­ti­va, "ca­so sai­a­mos vi­vos da si­tu­a­ção".

O cam­pe­o­na­to na­ci­o­nal sé­ni­or mas­cu­li­no de bas­que­te­bol e a Ta­ça de An­go­la fo­ram sus­pen­sos por tem­po in­de­ter­mi­na­do, no âm­bi­to do cum­pri­men­to da me­di­da de pre­ven­ção do Mi­nis­té­rio da Saú­de so­bre o Co­vid-19.

"A Fe­de­ra­ção An­go­la­na de Bas­que­te­bol (FAB) de­via en­tre­gar o tí­tu­lo ao Pe­tro de Lu­an­da por ser o gran­de pre­ju­di­ca­do com a pa­ra­li­sa­ção do cam­pe­o­na­to na­ci­o­nal. A equi­pa tri­co­lor ti­nha tu­do bem en­ca­mi­nha­do pa­ra ga­nhar a com­pe­ti­ção"

VIGAS DA PURIFICAÇíO | EDI­ÇÕES NOVEMBRO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.