2017 che­gou ao fim

Super Fashion - - Editorial -

2017 . .foi um ano mui­to es­pe­ci­al pa­ra mim, em par­ti­cu­lar. Foi um ano de con­so­li­da­ção de vá­ri­as coi­sas. Foi um ano al­to da re­vis­ta, es­ti­ve­mos pre­sen­tes e acre­di­ta­dos nos mai­o­res even­tos de mo­da, a re­vis­ta é cada vez mais co­nhe­ci­da e res­pei­ta­da em Pa­ris que é a Gran­de Ca­pi­tal da mo­da, foi um ano de­ci­si­vo on­de foi tu­do ou na­da. Mas foi tu­do!

Re­ce­be­mos pré­mi­os, que são o re­co­nhe­ci­men­to do con­tri­bu­to da Su­per Fashi­onn pa­ra a pro­pa­ga­ção da mo­da an­go­la­na a ní­vel in­ter­na­ci­o­nal.

Fo­mos a me­lhor re­vis­ta de mo­da An­go­la­na de 2017 - foi a se­gun­da vez que ar­re­ba­tá­mos es­te pré­mio.

Eu fui dis­tin­gui­da como per­so­na­li­da­de mais in­flu­en­te na mo­da em An­go­la. Um pré­mio e ho­me­na­gem ao meu tri­bu­to na di­vul­ga­ção da mo­da de An­go­la além fron­tei­ras; Um Pré­mio na ci­da­de em que nas­ci, como em­pre­en­de­do­ra do ano de 2017, por con­du­zir os des­ti­nos da Su­per Fashi­onn por cin­co anos. Foi ápi­ce do mo­men­to. De­pois de co­me­mo­rar os cin­co anos de exis­tên­cia, sin­to que es­te pro­je­to já não é ape­nas meu, mas tem uma obri­ga­ção com o país, com a mo­da An­go­la­na, com os lei­to­res, com Áfri­ca e com o mun­do.

A mo­da é, sem som­bra de dú­vi­da, a mi­nha mai­or pai­xão! E é es­sa mi­nha pai­xão que se re­fle­te a cada edi­ção que pu­bli­ca­mos.

Nes­te nú­me­ro, a nos­sa apos­ta foi numa pro­du­ção ou­sa­da com a Miss An­go­la 2017. Pres­tes a pas­sar a co­roa, Lau­ri­e­la Mar­tins, que re­pre­sen­tou o País da for­ma mais con­dig­na e que por is­so se tor­nou uma ven­ce­do­ra aos nos­sos olhos, faz-nos tam­bém um ba­lan­ço do que foi o seu rei­na­do.

Di­fi­cul­da­des sem­pre te­re­mos e a Su­per Fashi­onn nun­ca es­te­ve alheia a es­sas di­fi­cul­da­des, o su­ces­so não nas­ce da noite pa­ra o dia, é sem­pre re­sul­ta­do de um tra­ba­lho ár­duo de vá­ri­os di­as, noi­tes e anos.

Por is­so, de­se­jo a to­dos um fe­liz Na­tal e es­pe­ro que o vos­so 2017 te­nha si­do tão ma­ra­vi­lho­so como o nos­so.

Bem ha­ja aos nos­sos lei­to­res e cli­en­tes.

Obri­ga­do a Deus por nos dar a dá­di­va de ul­tra­pas­sar mais um ano.

2018, que ve­nhas cheio de amor, pros­pri­e­da­de, ale­gria e paz.

Fe­liz Ano No­vo!

Que Deus aben­çoe a Su­per Fashi­onn, An­go­la e o Mun­do.

Res­pi­re mo­da!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.