Kanukus: Aos 5 anos já faz...

Super Fashion - - Índice - POR MA­RIA SAN­TOS

Que Oprah Win­frey é uma das mu­lhe­res mais po­de­ro­sas do mun­do já se sa­bia. O que sur­pre­en­deu foi a re­per­cus­são do dis­cur­so que pro­fe­riu na ce­ri­mó­nia dos Glo­bos de Ou­ro, quan­do foi dis­tin­gui­da com o Glo­bo de Ou­ro Ce­cil B. De.Mil­le, que en­cheu pá­gi­nas de jor­nais em to­do o mun­do e as re­des so­ci­ais e lan­çou de ime­di­a­to o de­ba­te de que Oprah po­de­rá ser a pró­xi­ma can­di­da­ta pre­si­den­ci­al dos de­mo­cra­tas nos Es­ta­dos Uni­dos. Nos di­as a se­guir não se fa­lou nou­tra coi­sa e, em­bo­ra a apre­sen­ta­do­ra e atriz já an­tes ti­ves­se afas­ta­do es­sa pos­si­bi­li­da­de, des­ta vez foi o seu com­pa­nhei­ro a abrir a por­ta a que is­so pos­sa vir a acon­te­cer. O que fa­ria de Oprah Win­frey a pri­mei­ra mu­lher ne­gra can­di­da­ta ao car­go mais im­por­tan­te do pla­ne­ta.

Oprah - que foi dis­tin­gui­da por ser "um exem­plo a se­guir pa­ra mu­lhe­res e jo­vens" e por ser "uma das mu­lhe­res mais in­flu­en­tes" da atu­a­li­da­de - fez um dis­cur­so ar­re­ba­ta­dor, mui­to ins­pi­ra­dor nos tem­pos que cor­rem, fo­can­do-se nos di­rei­tos e con­quis­tas dos mais des­fa­vo­re­ci­dos, e nas de­nún­ci­as de vá­ri­as mu­lhe­res, so­bre­tu­do atri­zes, de que te­ri­am si­do ví­ti­mas de abu­sos se­xu­ais. "Du­ran­te de­ma­si­a­do tem­po, as mu­lhe­res não fo­ram ou­vi­das e eram de­sa­cre­di­ta­das se ou­sas­sem di­zer a ver­da­de con­tra o poder des­ses ho­mens, mas o tem­po de­les aca­bou", afir­mou a pro­du­to­ra e em­pre­sá­ria, que foi aplau­di­da de pé. Fi­cou pa­ra a his­tó­ria a frase que pro­fe­riu, pa­ra su­bli­nhar o quão im­por­tan­te é a de­nún­cia do as­sé­dio se­xu­al: "Di­zer a ver­da­de é a fer­ra­men­te mais po­de­ro­sa que te­mos."

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.