100 anos Man­de­la

Super Fashion - - Índice - POR MA­RIA SANTOS

omun­do in­tei­ro co­me­mo­rou a 18 de Ju­lho 100 anos so­bre o nas­ci­men­to de Nel­son Man­de­la, o pri­mei­ro pre­si­den­te ne­gro da Áfri­ca do Sul e um íco­ne glo­bal na lu­ta con­tra a dis­cri­mi­na­ção ra­ci­al.

"Ma­di­ba" nas­ceu a 18 de Ju­lho de 1918. Mor­reu a 5 de De­zem­bro de 2013 e di­ri­giu os des­ti­nos da Áfri­ca do Sul de 1994 a 1999, de­pois do fim do "apartheid".

Con­si­de­ra­do por mui­tos o mais im­por­tan­te lí­der da Áfri­ca ne­gra e uma ins­pi­ra­ção na lu­ta con­tra o ra­cis­mo e a se­gre­ga­ção, Man­de­la foi dis­tin­gui­do com o Pré­mio No­bel da Paz em 1993.

O re­gi­me do "apartheid" vi­gen­te no país deu ori­gem à sua pri­são por 27 anos, a mai­or par­te de­les pas­sa­dos em Rob­ben Is­land, ten­do-se tor­na­do o pre­so mais fa­mo­so do mun­do. Vi­ria a ser li­ber­ta­do de­pois de uma for­te cam­pa­nha mun­di­al.

Con­si­de­ra­do o pai da na­ção li­vre e mul­tiét­ni­ca, "Ma­di­ba" viu as Na­ções Uni­das ins­ti­tui­rem o Dia In­ter­na­ci­o­nal Nel­son Man­de­la no dia de seu nas­ci­men­to, co­mo for­ma de va­lo­ri­zar em to­do o mun­do a lu­ta pe­la li­ber­da­de, pe­la jus­ti­ça e pe­la de­mo­cra­cia.

"NUN­CA, NUN­CA, NUN­CA MAIS DEIXAREMOS ES­TA BE­LA TER­RA VOL­TAR A EX­PE­RI­MEN­TAR A OPRESSÃO DE UNS E OU­TROS. VAMOS DEI­XAR A LI­BER­DA­DE REINAR" "eu sou o ca­pi­tão da mi­nha al­ma"

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Angola

© PressReader. All rights reserved.