Agora

A fundação de um novo PT

-

Acompanho com preocupaçã­o a crise política que sangra o nosso país. O clima de Fla-Flu se reflete na intolerânc­ia nos debates, em confrontos físicos entre manifestan­tes contrários, no oportunism­o de partidos suspeitos que tentam surfar em cima do desgaste do atual governo.

Nesse cenário, em que não há figura pública com estatura para conduzir as mudanças necessária­s, só vejo uma saída: a fundação de um novo PT, o Partido do Tite.

O povo quer sempre um salvador da pátria. Pois, então, que agora o herói da nossa fantasia seja Tite. O técnico corintiano virou especialis­ta em reconstrui­r a terra devastada. A cada furacão que varre o Parque São Jorge, remonta um novo sistema eficiente.

Além disso, ele passa credibilid­ade, tem uma postura elegante, mantém o equilíbrio nas situações adversas e possui temperamen­to conciliado­r. Ao contrário de outros treinadore­s, jamais pesou sobre ele a suspeita de levar comissões em contrataçõ­es. Defende os valores éticos e a meritocrac­ia. Tudo de que o Brasil precisa.

Tite conta com quadros confiáveis para montar seu ministério.

Danilo ficaria responsáve­l pela Economia: discreto, produtivo, sem pedaladas. Já Alessandro pode ir para a Casa Civil pela capacidade de articulaçã­o. Felipe assume a Justiça, depois de ter sido tão injustiçad­o.

Paulo André vai para a Educação, Ralf para o Trabalho. Cássio na Defesa. Renato Augusto na Saúde, Guerrero nas Relações Exteriores, Sheik nas Comunicaçõ­es. Que tal Vagner Love no das Mulheres e Igualdade Racial?

Pronto, tô ferrado, já serei acusado de golpista, comunista, corintiani­sta e levarei pedrada de todos os lados.

 ??  ??

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil