Lei­te é pro­du­to com mai­or al­ta no pre­ço nes­te ano

In­fla­ção do ali­men­to já atin­ge os 37% em São Pau­lo; a fal­ta de chu­vas es­tá en­tre os prin­ci­pais mo­ti­vos

Agora - - Grana - La­ris­sa quin­ti­no (FSP) Fon­te: Pro­con-sp

O litro do lei­te lon­ga vi­da es­tá mais em con­ta pa­ra o con­su­mi­dor, po­rém o pro­du­to é o que mais su­biu no ano, se­gun­do o IPCA (Ín­di­ce de Pre­ços ao Con­su­mi­dor Am­plo). A al­ta acu­mu­la­da é de 37,04% em São Pau­lo. A in­fla­ção ofi­ci­al acu­mu­la­da no ano é de 3,34%, no ín­di­ce do IBGE (Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Ge­o­gra­fia e Es­ta­tís­ti­ca).

En­tre­tan­to, em se­tem­bro, a que­da do lei­te foi de 6,81%. Se­gun­do o eco­no­mis­ta da Apas (Associação Pau­lis­ta de Su­per­mer­ca­dos), Thi­a­go Ber­ta, a que­da nos pre­ços se de­ve ao au­men­to da pro­du­ção, tra­di­ci­o­nal­men­te mai­or no se­gun­do se­mes­tre, prin­ci­pal­men­te na re­gião Sul. De acor­do com o Ce­pea (Cen­tro de Es­tu­dos Avan­ça­dos em Eco­no­mia Apli­ca­da), é es­pe­ra­do que o pre­ço do pro­du­to caia ain­da mais nos pró­xi­mos me­ses, por­que de­ve au­men­tar a cap­ta­ção do pro­du­to nas re­giões Su­des­te e Cen­tro-oes­te.

Ber­ta ava­lia que, ape­sar da que­da, a pres­são do lei­te no acu­mu­la­do do ano ain­da é gran­de por con­ta de even­tos atí­pi­cos no pri­mei­ro se­mes­tre, co­mo a gre­ve dos ca­mi­nho­nei­ros, no fim de maio. “Com a gre­ve, hou­ve des­car­te de mais de 600 mi­lhões de li­tros de lei­te, pra­ti­ca­men­te ze­ran­do o es­to­que. Além dis­so, hou­ve se­ca e en­tres­sa­fra com­pli­ca­das”, ex­pli­ca.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.