Mi­nha mu­lher tem 65 anos de ida­de e oi­to anos de con­tri­bui­ção. Há três, ga­nha au­xí­lio-do­en­ça. Ela po­de se apo­sen­tar sem ter 15 anos de INSS?

Agora - - Aposentado -

Pa­ra que os se­gu­ra­dos do INSS se apo­sen­tem por ida­de, é pre­ci­so cum­prir dois re­qui­si­tos: ter a ida­de mí­ni­ma de 65 anos, no ca­so dos ho­mens, e de 60 anos, no das mu­lhe­res, e pos­suir ao me­nos 180 con­tri­bui­ções, o que dá 15 anos de pa­ga­men­tos à Pre­vi­dên­cia. A se­gu­ra­da não pre­ci­sa re­co­lher a con­tri­bui­ção en­quan­to es­ti­ver re­ce­ben­do o au­xí­lio-do­en­ça, con­for­me in­for­ma­ções do INSS. No en­tan­to, ao ces­sar o be­ne­fí­cio por in­ca­pa­ci­da­de, é pre­ci­so que ela fa­ça ao me­nos mais um pa­ga­men­to pa­ra que o pe­río­do em que es­te­ve com o au­xí­lio-do­en­ça en­tre na con­ta da apo­sen­ta­do­ria. No ca­so da mu­lher do lei­tor, além de pa­gar ime­di­a­ta­men­te uma con­tri­bui­ção ao fim do au­xí­lio, se­rá pre­ci­so mais al­guns anos de INSS pa­ra al­can­çar as 180 con­tri­bui­ções e se apo­sen­tar.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.