Ge­ne­ral quer ações con­tra o cri­me

Agora - - Brasil - (FSP)

O ge­ne­ral do Exér­ci­to Edu­ar­do Vil­las Bôas ava­lia que é ne­ces­sá­ria a ação mi­li­tar no com­ba­te à cri­mi­na­li­da­de, mas ela so­zi­nha não re­sol­ve a ques­tão. “O ní­vel de gra­vi­da­de es­tá tão al­to que dei­xou de ser se­gu­ran­ça pú­bli­ca e se trans­for­mou nu­ma ques­tão de se­gu­ran­ça na­ci­o­nal. São mais de 60 mil pes­so­as as­sas­si­na­das por ano”, ava­lia Vil­las Bôas.

Es­sa in­ter­ven­ção, no en­tan­to, de­ve ser fei­ta em acor­do com a Cons­ti­tui­ção, se­gun­do Vil­las Bôas. “O que nos pre­o­cu­pa é que o pes­so­al con­si­de­ra que, em em­pre­gan­do as For­ças Ar­ma­das, es­tá re­sol­vi­do”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.