STF jul­gou só um de seis te­mas po­lê­mi­cos

Agora - - Grana - (FSP)

Um ano após a re­for­ma tra­ba­lhis­ta, de seis te­mas le­va­dos ao STF (Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral), em 29 ações, ape­nas um já foi jul­ga­do.

Em ju­nho, os mi­nis­tros de­ci­di­ram pe­la cons­ti­tu­ci­o­na­li­da­de do fim do im­pos­to sin­di­cal obri­ga­tó­rio. De uma vez, a cor­te eli­mi­nou as con­tro­vér­si­as de 20 ações.

Ain­da es­tão pen­den­tes, po­rém, no­ve pro­ces­sos. Eles tra­tam da gra­tui­da­de da Jus­ti­ça, da de­fi­ni­ção do va­lor do pe­di­do no pro­ces­so, da cor­re­ção das ações tra­ba­lhis­tas pe­lo ín­di­ce da pou­pan­ça em vez da in­fla­ção, do con­tra­to in­ter­mi­ten­te e tam­bém do tra­ba­lho de ges­tan­te e lac­tan­te em lo­cal in­sa­lu­bre.

Es­ses ca­sos não têm da­ta de jul­ga­men­to. Se­gun­do o STF, o pre­si­den­te da cor­te, mi­nis­tro Di­as Tof­fo­li, não de­fi­niu a pau­ta de 2019.

Só a ação con­tra o tra­ba­lho in­ter­mi­ten­te, ajui­za­da pe­la Fe­ne­pos­pe­tro (fe­de­ra­ção dos tra­ba­lha­do­res de postos de com­bus­tí­veis) es­tá pron­ta pa­ra jul­ga­men­to. O ca­so es­tá sob re­la­to­ria do mi­nis­tro Ed­son Fa­chin. A PGR (Pro­cu­ra­do­ria-ge­ral da Re­pú­bli­ca) deu pa­re­cer pe­la cons­ti­tu­ci­o­na­li­da­de des­ses con­tra­tos, que pa­gam por ho­ras tra­ba­lha­das. Mais di­fí­cil de pre­ver o des­fe­cho de­ve ser uma ação da PGR so­bre a Jus­ti­ça gra­tui­ta, sus­pen­sa em maio por pe­di­do de vis­ta de Luiz Fux. Es­pe­ci­a­lis­tas em di­rei­to do tra­ba­lho con­si­de­ram es­se o pro­ces­so mais im­por­tan­te.

Os ar­ti­gos con­tes­ta­dos na ação, ajui­za­da pe­lo en­tão pro­cu­ra­dor-ge­ral Rodrigo Ja­not, im­põem pa­ga­men­tos de ho­no­rá­ri­os de su­cum­bên­cia e pe­ri­ci­ais ca­so o tra­ba­lha­dor se­ja der­ro­ta­do, mesmo que ele se­ja be­ne­fi­ciá­rio da Jus­ti­ça gra­tui­ta, cu­jo aces­so é ga­ran­ti­do pe­la Cons­ti­tui­ção.

O no­vo tex­to am­pli­ou o es­co­po de usuá­ri­os da Jus­ti­ça gra­tui­ta. Nes­te ano, a renda má­xi­ma pas­sou de R$ 1.908 pa­ra R$ 2.258,32. Mas a lei pas­sou a exi­gir com­pro­va­ções das con­di­ções fi­nan­cei­ras, co­mo a de­cla­ra­ção do IR.

O no­vo tex­to in­cluiu de­ter­mi­na­ção que só per­mi­te à re­cla­man­te que não jus­ti­fi­ca au­sên­cia em au­di­ên­cia en­trar com no­va ação con­tra o pa­trão se pa­gar as cus­tas do pro­ces­so an­te­ri­or.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.