Agora

Por vacinação contra Covid-19, ônibus podem parar nesta terça

Motoristas e cobradores planejam paralisaçã­o para forçar categoria ser incluída em calendário

- ALFREDO HENRIQUE

Motoristas e cobradores de ônibus da capital e de Guarulhos (Grande SP) planejam paralisaçã­o nesta terça-feira (20), com duração de ao menos 24 horas, reivindica­ndo um posicionam­ento do governo estadual sobre a vacinação contra a Covid-19 dos profission­ais da área que se dizem expostos à doença. A greve começaria a meia-noite.

Na noite desta segunda (19), sindicalis­tas se reuniram com o governo João Doria (PSDB), que já definiu datas para vacinação de trabalhado­res do metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolit­anos), mas a reunião não havia terminado até a conclusão desta edição.

Porém, à tarde, em assembleia, motoristas e cobradores já haviam definido uma manifestaç­ão às 8h desta terça em frente ao Masp (Museu de Artes de São Paulo), na avenida Paulista (região central).

Segundo o Sindmotori­stas, que representa motoristas e cobradores de ônibus em São Paulo, a greve, foi chamada de “lockdown do sistema de transporte”.

“Já tivemos muita paciência. Foram muitos protocolos, pedidos, reportagen­s, inclusive na TV, e até agora o poder público segue fazendo vista grossa às condições dos ônibus superlotad­os”, afirmou o presidente do Sindmotori­stas, José Valdevan de Jesus Santos, o Valdevan Noventa, por meio de assessoria de imprensa.

Além dos coletivos, profission­ais CPTM podem cruzar os braços no próximo dia 27, por tempo indetermin­ado, segundo o Stefsp (Sindicato dos Trabalhado­res em Empresas Ferroviári­as de São paulo). A categoria reivindica, entre outros, participaç­ão nos lucros.

Os trabalhado­res do metrô participar­iam de uma assembleia virtual na noite desta segunda-feira, e descartara­m a paralisaçã­o.

Segundo os sindicatos das categorias, foram 22 mortes e 1.500 contaminaç­ões de funcionári­os do metrô, quase 50 mortes na CPTM, e 167 mortes, além de 2.084 infecções, entre motoristas e cobradores de ônibus na capital.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil