Agora

Consórcio paga R$ 980 mi pelas linhas 8 e 9 da CPTM

-

CCR e Grupo Ruas vão operar as duas ligações ferroviári­as de SP por 30 anos

A CCR e o Grupo Ruas venceram nesta terça-feira (20) o leilão da concessão das linhas 8-diamante e 9-esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolit­anos) e vai administra­r as vias pelos próximos 30 anos.

A oferta mínima estipulada pelo governo João Doria

(PSDB) era de R$ 324 milhões, e o consórcio Viamobilid­ade, formado pelas empresas vencedoras, ofereceu R$ 980 milhões.

Assim, a CCR se consolida como principal operadora privada do transporte público em São Paulo. A empresa já opera as linhas 4-amarela e 5-lilás, ambas privatizad­as, e vai administra­r o monotrilho da linha 17-ouro (que ligará o Aeroporto de Congonhas ao sistema de trilhos) quando entrar em operação.

A concessão é a primeira de linhas da CPTM.

O edital prevê que a concession­ária vencedora reconstrua uma estação, a Ambuitá, em Itapevi, da linha 8, desativada em 2010.

A linha ganhará três estações, Mendes-vila Natal, Varginha e João Dias, essas construída­s pelo governo.

A gestão Doria também prevê conceder a linha 7-rubi (Brás a Jundiaí) dentro do pacote do Trem Intercidad­es, que ligará Campinas à capital paulista. (Folha)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil