Agora

Superliga europeia vergonhosa e elitista subiu no telhado!

-

Quando a gente ama, não pensa em dinheiro, só se quer amar, se quer amar, se quer amar... Alô, povão, agora é fé! A competição mercantili­sta e canalha, com zero espírito esportivo, idealizada por 12 das principais potências futebolíst­icas europeias (e mundiais), nasceu morta com a reação dos alijados.

Primeiro, foram os alemães Bayern de Munique e Borussia Dortmund e o francês PSG (porque seu dono vende os direitos de TV da concorrent­e Liga dos Campeões) que não embarcaram junto com os espanhóis Real Madrid, Barcelona e Atlético, os italianos Juventus, Inter e Milan e os ingleses Liverpool, Manchester United, Manchester City, Arsenal, Chelsea e Londres nesse superclube fechado.

A falta de decência dos clubes envolvidos é tamanha que os torcedores, ídolos e até técnicos atuais dos clubes, casos de Guardiola (City) e Klopp (Liverpool), não concordam com essa palhaçada meramente capitalist­a que reserva lugar cativo num sistema vil que não prevê acesso nem degola e exclui os demais!

O mundo decente do futebol gritou! Tudo isso, óbvio, não sensibiliz­a canalhas que só enxergam dinheiro. O problema é que, para ser um negócio, é preciso ter um esporte. E, também por razões nada nobres e pelos mesmos motivos comerciais, financeiro­s e políticos, governos europeus, Fifa e Uefa contraatac­aram e a Superliga não deve vingar. Os ingleses foram os primeiros a pular fora do vexame!

Fico feliz pelo fracasso dos ricos egoístas e ainda muito mais satisfeito com a reação dos torcedores. Espero (sentado, para não cansar) o mesmo dos brasileiro­s. Em 1987, quando a elitista Copa União desrespeit­ou aspectos esportivos e matou os clubes médios e pequenos, foi festejada por crítica e público. São os mesmos que querem acabar com os estaduais e matar de vez os nossos pequenos. Viva a memória! E a coerência!

×

Maquiavel: “Os homens esquecem mais rapidament­e a morte do pai do que a perda do patrimônio”.

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca! No agora.com.br! E no youtube.com/blogdovita­o!

Richarliso­n Enquanto tem jogador acéfalo que fez arminha nojenta com as mãos e aplaude o líder do desgoverno genocida, há também quem se posiciona decentemen­te. É o caso, reiterado, de Richarliso­n. O brasileiro do Everton, que sempre dá a cara a tapa para defender o certo, também se posicionou contra a asquerosa Superliga.

Libertador­es Mesmo estreando fora de casa, o favorito Palmeiras entra pressionad­o e precisa vencer o patinho feio do Grupo A da Libertador­es. Abel Ferreira sabe, ou deveria, que vitórias funcionam mais do que chiliques contra o apito. Palpites: Universitá­rio 0 x 1 Palmeiras, Del Valle 2 x 1 Defensa y Justicia e Laguaira 0 x 2 Atlético-mg.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil