BLACK BL SAB­BATH

ALMANAQUE DO ROCK - EDIÇÃO DE COLECIONADOR - - Terceira Era -

A in­fluên­cia do ci­ne­ma de hor­ror clássico-trash co­me­ça no no­me, re­ti­ra­do de um filme do gê­ne­ro, de 1963. E, se o ci­ne­ma as­sus­ta­va da­que­le jei­to, por que um gru­po de ra­pa­zes da ci­da­de in­dus­tri­al de Bir­mingham, In­gla­ter­ra, não po­de­ria fa­zer música que tam­bém as­sus­tas­se? Cri­a­do em 1969 e li­de­ra­do pe­lo ama­lu­ca­do Ozzy Os­bour­ne, o Black Sab­bath é sem som­bra de dú­vi­das o “pai” do he­avy me­tal, in­fluên­cia de 10 en­tre 10 ban­das de som pe­sa­do. Mas o gru­po fi­cou co­nhe­ci­do tam­bém pe­las mui­tas his­tó­ri­as bi­zar­ras, en­vol­ven­do es­pe­ci­al­men­te Ozzy, ca­pí­tu­los in­dis­pen­sá­veis nas mui­tas bi­o­gra­fi­as es­cri­tas so­bre ele e a ban­da, sem­pre acu­sa­da de sa­ta­nis­mo, com cer­ta ra­zão, ape­sar de seus in­te­gran­tes ne­ga­rem.

Os riffs mar­can­tes de Tony Iom­mi (qu­em não re­co­nhe­ce de ca­ra Iron Man, Pa­ra­noid, War Pigs e tan­tas ou­tras?) e a te­má­ti­ca som­bria eram a ca­rac­te­rís­ti­ca mais evi­den­te, po­rém, o bai­xis­ta Ge­e­zer Bu­tler e o ba­te­ris­ta Bill Ward tam­bém me­re­cem cré­di­to pe­lo pe­so que con­fe­ri­am às “can­ções”. Os seis ál­buns do Sab­bath, lan­ça­dos en­tre 1970 e 1975, são con­si­de­ra­dos clás­si­cos absolutos do gê­ne­ro. O dis­co que co­lo­cou a ban­da de­fi­ni­ti­va­men­te en­tre os gran­des do rock dos anos 70 foi o se­gun­do, Pa­ra­noid, de 1970, pe­río­do ao qual Ozzy se re­fe­re co­mo “os anos lou­cos”. Sem dú­vi­da, a ban­da aju­dou a mu­dar a his­tó­ria do rock, mas tam­bém a di­mi­nuir os es­to­ques de be­bi­das e a en­ri­que­cer tra­fi­can­tes de dro­gas. Ozzy es­pe­ci­al­men­te era in­ca­paz de fi­car só­brio por um mi­nu­to. Mas os de­sen­ten­di­men­tos en­tre ele e os in­te­gran­tes tor­na­ram-se uma cons­tan­te até que, em 1979, o vo­ca­lis­ta dei­xou a ban­da e foi subs­ti­tuí­do por Ron­nie Ja­mes Dio, que, após dois ál­buns, dei­xou o gru­po pa­ra a en­tra­da do ex-De­ep Pur­ple Ian Gil­lan, ini­ci­an­do-se en­tão in­ter­mi­ná­veis mu­dan­ças na for­ma­ção (cer­ca de ou­tros 20 mú­si­cos pas­sa­ram pe­lo gru­po). A par­tir dos anos 90, o Sab­bath ori­gi­nal co­me­ou a se reu­nir pa­ra tur­nês ou shows isolados (em 1998, um des­ses re­tor­nos ren­deu um CD ao vivo, o du­plo Reu­ni­on). As sus­pei­tas de um no­vo ál­bum com o li­ne up clássico fo­ram con­fir­ma­das em 2013, com o lan­ça­men­to de 13, um pe­tar­do de oi­to fai­xas à al­tu­ra dos velhos tem­pos.

Ál­buns es­sen­ci­ais

• Black Sab­bath (1970)

• Pa­ra­noid (1970)

• Mas­ter Of Re­a­lity (1971)

• Black Sab­bath, Vol. 4 (1972)

• Sa­bo­ta­ge (1975)

• 13 (2013)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.