O ES­PÍ­RI­TO SAN­TO nos re­ju­ve­nes­ce

Ana Maria - - A PALAVRA DO PAPA FRANCISCO -

Con­tra a tris­te­za, na ora­ção, pe­di­mos ao Se­nhor que guar­de em nós a ju­ven­tu­de re­no­va­da do Es­pí­ri­to San­to

Pe­ça­mos ao Se­nhor pa­ra não per­der es­ta ju­ven­tu­de re­no­va­da, pa­ra não ser cris­tãos apo­sen­ta­dos que per­de­ram a ale­gria e se dei­xam con­du­zir... O cris­tão nun­ca se apo­sen­ta, o cris­tão vi­ve, vi­ve por­que é jo­vem, quan­do é cris­tão ver­da­dei­ro.”

É o Es­pí­ri­to San­to que faz com que ha­ja em nós es­sa ju­ven­tu­de que nos re­no­va sem­pre. O Es­pí­ri­to San­to é aque­le que nos tor­na ca­pa­zes de car­re­gar as cru­zes. Ele re­no­va to­das as coi­sas. O Es­pí­ri­to San­to é aque­le que nos acom­pa­nha na vi­da, que nos sus­ten­ta. É o Pa­rá­cli­to, aque­le que es­tá ao meu la­do pa­ra me apoi­ar, pa­ra que eu não caia, pa­ra que eu vá adi­an­te, pa­ra que eu con­ser­ve es­sa ju­ven­tu­de do Es­pí­ri­to.”

O cris­tão é sem­pre jo­vem: sem­pre! Quan­do o co­ra­ção do cris­tão co­me­ça a en­ve­lhe­cer, a sua vo­ca­ção de cris­tão co­me­ça a di­mi­nuir. Ou vo­cê é jo­vem de co­ra­ção e de al­ma ou vo­cê não é cris­tão. Na vi­da ha­ve­rá dor. Pau­lo e Si­las fo­ram açoi­ta­dos e so­fre­ram, mas es­ta­vam chei­os de ale­gria, can­ta­vam. Is­so é ju­ven­tu­de. Uma ju­ven­tu­de que faz vo­cê olhar sem­pre a es­pe­ran­ça. É is­so, avan­te!”

Mas, pa­ra ter es­sa ju­ven­tu­de, é ne­ces­sá­rio um diálogo co­ti­di­a­no com o Es­pí­ri­to San­to, que es­tá sem­pre ao nos­so la­do. É o gran­de pre­sen­te que

Je­sus nos dei­xou: es­se apoio, o que faz a gen­te se­guir em fren­te. Mes­mo que se­ja­mos pe­ca­do­res,

Ele nos aju­da a nos ar­re­pen­der e nos faz olhar pa­ra fren­te.”

É is­so: o pe­ca­do en­ve­lhe­ce, o Es­pí­ri­to nos tor­na sem­pre jo­vens. No dis­cur­so de des­pe­di­da aos dis­cí­pu­los an­tes de su­bir aos Céus, Je­sus nos faz uma ver­da­dei­ra ca­te­que­se so­bre o Es­pí­ri­to San­to. Je­sus nos ex­pli­ca quem Ele é. E os dis­cí­pu­los fi­ca­ram tris­tes ao ou­vir que Je­sus os dei­xa­rá... E Je­sus os re­pre­en­de por is­so. Afi­nal, a tris­te­za não é um com­por­ta­men­to cris­tão. Mas co­mo não fi­car tris­te? Con­tra a tris­te­za, na ora­ção, pe­di­mos ao Se­nhor que guar­de em nós a ju­ven­tu­de re­no­va­da do es­pí­ri­to.”

A PA­LA­VRA DO FRAN­CIS­CO O con­teú­do des­ta pá­gi­na é ex­traí­do da mis­sa que o

San­to Pa­dre ce­le­bra to­da ma­nhã na Ca­sa San­ta Mar­ta, nas de­pen­dên­ci­as do Es­ta­do do Va­ti­ca­no.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.